Fantástico

Tuk-Tuk na Índia com bateria elétrica reciclada de Audi e-Tron, em 2023

Baterias elétricas e-Tron são recicladas para poderem ter uma segunda vida ao serviço de pequenos veículos urbanos

O que fazer às baterias elétricas em fim de vida de um veículo elétrico como o Audi e-Tron? A Fundação Ambiental da Audi em conjunto com a Organização não-governamental Nunam deram a resposta: usar em pequenos veículos de transporte urbano, os rickshaw, também vulgarmente conhecidos como tuk-tuk.

A ideia resolve dois problemas ambientais e ainda ajuda na solução de um problema de apoio humanitário.

Em termos ecológicos a ideia é simples. As baterias do Audi e-Tron, tal como de qualquer outro veículo elétrico, ao fim de alguns anos, necessitam de ser substituídas devido à perda de eficiência. Ter um destino assegurado para poderem ser utilizadas em "segunda vida" resolve o problema.

Por outro lado, a grande maioria dos rickshaws, em especial no super populado meio urbano indiano, são ainda movidos com pequenos motores de combustão, normalmente com mistura de gasolina e, por isso, geram imensa poluição e ruído.

Mas na verdade, como são veículos muito leves com pouca necessidade de energia para se moverem, conseguem extrair até a mínima potência disponível que possa existir na bateria que recebem do e-Tron, mesmo no chamado ciclo de fim de vida.

E nem a questão do carregamento foi esquecida. Para assegurar uma baixa manutenção, reduzido custo e acima de tudo uma circulação livre de carbono, as baterias podem ser recarregadas ao final do dia, em zonas criadas para o efeito com painéis solares. Desta forma evitam a rede elétrica “nacional” que é maioritariamente servida por centrais de carvão.

Dois problemas resolvidos. E, estes tuk tuk ainda ajudam comunidades locais a criar e manter emprego, senão vejamos.

A start-up sem fins lucrativos Numan, sediada em Berlin (Alemanha) e em Bangalore (Índia), consegue com estes veículos providenciar emprego a mulheres que produzem bens alimentares e pequenas peças de roupa ou artesanato, que, desta forma, terão assim acesso a um meio de locomoção mais económico e sustentável, que lhes permite escoar e entregar os seus produtos nas cidades.

Os testes já começaram com três rickshaw com baterias provenientes de Audi e-Tron da frota de ensaios da marca alemã. A ideia é ter disponível, já em 2023, vários veículos para proporcionar uma mobilidade elétrica, mais eficiente e ecológica.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?