Fantástico

Colete salva-vidas com garrafas de plástico ajuda a evitar afogamentos

Projeto de um estudante de design foi criado a pensar em crianças de países em desenvolvimento com cheias

As cheias são um problema que assola muitas zonas do mundo. Em países em desenvolvimento onde as épocas de monções provocam cheias avassaladoras, como o Bangladesh, o Vietname ou as Filipinas, o índice de mortalidade por afogamento é muito elevado e são as crianças as mais afetadas. Ewan Morrell decidiu que queria ajudar a combater o problema e desenvolveu o Bot, um colete salva-vidas produzido com restos de tecidos e que boia graças a garrafas de plástico.

Foi no seu projeto de final de curso que o estudante de design na Universidade de Northumbria, no Reino Unido, criou o Bot. A ideia de desenvolver o colete salva-vidas surgiu depois de falar com um especialista do Royal National Lifeboat Institution (RNLI) e de ter percebido que este produto seria uma opção viável, com um custo de produção baixo.

O Bot foi pensado para ser produzir a partir de restos de tecido de fábricas – pode ser feito com qualquer tipo de tecido. O elemento flutuante seria lixo plástico, mais concretamente, garrafas de plástico. Pela sua simplicidade, poderia ser feito por um profissional em poucas horas e usando uma máquina de costura.

O colete chegaria às pessoas sem as garrafas e, por isso, não estaria ainda pronto a ser usado. Para flutuar, as pessoas teriam de instalar garrafas de água nos bolsos que rodeiam a peça. Este elemento, que iria garantir que se conseguia flutuar, é fácil de se encontrar, fazendo muitas vezes parte do lixo plástico que assola vários países do mundo.

Por não vir já com o elemento flutuante, o Bot é fácil de distribuir e armazenar. De acordo com o designer, enrolado, o colete é mais pequeno do que uma garrafa de 500 ml.

Em relação à produção, Ewan Morrell propõe no seu projeto que esta seja garantida pelas fábricas de peças de vestuário em países em desenvolvimento e que faça parte de um esquema de caridade.

Até agora, o colete já foi testado em ambiente real no Reino Unido, no Quénia e na Índia. Agora, o designer quer levar o Bot mais longe. 

(Fotos: cortesia de Ewan Morrell)

Continuar a ler
Home
Preço dos combustíveis para a próxima semana com nova descida
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas