Fantástico

Ryan Gosling conduz Audi elétrico em The Gray Man nova produção da Netflix

Ryan Gosling e Ana de Armas interpretam as personagens que conduzem modelos elétricos do construtor neste thriller de ação
Texto

A Audi estabeleceu uma parceria com a Netflix para ser a marca automóvel oficial do novo thriller de ação realizado pelos irmãos Joe e Anthony Russo, "The Gray Man".

Com Ryan Gosling, Chris Evans e Ana de Armas nos principais papéis, o filme estreado a 22 de julho na plataforma de streaming coloca em destaque quatro automóveis da Audi – os elétricos RS e-tron GT e Q4 Sportback e-tron, assim como os modelos RS 7 Sportback e R8 Coupe.

Em "The Gray Man", Sierra Six (Ryan Gosling) protagoniza algumas cenas ao volante do coupé de quatro portas Audi RS e-tron GT, enquanto a agente Dani Miranda (Ana de Armas) segue ao volante do modelo de estilo SUV Audi Q4 Sportback e-tron. Numa sequência de perseguição, a mesma personagem conduz também um Audi RS 7 Sportback.

Já o superdesportivo Audi R8 Coupé surge numa sequência de condução com Avik San (Dhanush) aos comandos.

Em comunicado, a Audi revelou que trabalhou de perto com os realizadores Joe e Anthony Russo na escolha dos modelos que deveriam integrar o filme "The Gray Man". Os responsáveis da marca salientaram também o entusiasmo que tiveram em trabalhar em estreita colaboração com a Netflix nesta produção cinematográfica.

Para além dos atores já mencionados, “The Gray Man” conta com um elenco de estrelas, entre as quais se contam Jessica Henwick (Suzanne Brewer), Regé-Jean Page (Denny Carmichael), Julia Butters (Claire), Billy Bob Thornton (Donald Fitzroy), e Alfre Woodard (Margaret Cahill).

O ator brasileiro Wagner Moura , bem conhecido do público português pela participação em inúmeras novelas e como cabeça de cartaz na série Narcos, também da Netflix, interpreta em “The Gray Man” a personagem Laszlo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Governo recomenda baixar a velocidade máxima para os 100 km/h
Dinamarca está a substituir comboios Diesel por elétricos
Itália tem primeira residência para estudantes alimentada a hidrogénio