Fantástico

Elon Musk diminui exposição da Tesla e aumenta capitais próprios no Twitter

O dono da Tesla e da SpaceX pretende usar capitais próprios para financiar mais de metade do negócio de 42 mil milhões de euros do Twitter
Elon Musk  (Foto: P. Pleul/PoolPhoto via AP)
Elon Musk (Foto: P. Pleul/PoolPhoto via AP)

Apesar de o negócio estar suspenso, Elon Musk anunciou que pretende pagar com capitais próprios mais de metade dos cerca de 42 mil milhões de euros que oferece pela compra do Twitter. O CEO da Tesla e da SpaceX está também a negociar a participação do fundador da rede social na transação pra cobrir parte do valor que deixa de vir de empréstimos.

De acordo com um documento entregue ao regulador do mercado norte-americano (SEC, em inglês), Elon Musk inicialmente iria contribuir com cerca de 19,6 mil milhões de euros em fundos próprios, do seu bolso ou suportados por terceiros. Esta terça-feira, aumentou o valor para 31,2 mil milhões de euros.

Desta forma, diminui parte do financiamento que vem de empréstimos e elimina especificamente aqueles que estão vinculados ao capital da Tesla, reduzindo o risco do negócio tanto para o homem mais rico do mundo, como para os credores. 

Esta decisão acontece depois das ações da Tesla terem descido cerca de 40% desde que o dono da empresa anunciou a compra do Twitter.

Elon Musk anunciou também que está a negociar com alguns dos principais acionistas do Twitter, como o fundador, Jack Dorsey, a possibilidade de estes financiarem uma parte do negócio de compra da rede social. 

Foi em abril que se soube que Elon Musk iria comprar o Twitter, depois de ter adquirido uma participação na rede social.

No entanto, o negócio ficou envolto em controvérsia depois do dono da Tesla ter anunciado que o processo ficaria parado até que fosse esclarecida qual é a percentagem de contas falsas na rede social.

De acordo com a empresa, seria cerca de 5%, mas Elon Musk referiu num tweet que o valor poderia chegar a 20%.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?