Energia

Carregamento elétrico sem fios já em testes em autoestrada americana

Um projeto no estado de Indiana, nos EUA, está a testar a possibilidade de eletrificar as autoestradas para carregamento de veículos elétricos
Carregamento elétrico via wireless
Carregamento elétrico via wireless

Já imaginou ir a conduzir descontraidamente o seu veículo elétrico na autoestrada e, por baixo das infraestruturas de alcatrão e cimento estar um sistema de carregamento do seu veículo por indução ou wireless?

Um destes projetos está já em curso e foi revelado pelo Departamento de Transportes do Indiana (INDOT) e pela Universidade de Purdue que, em conjunto, estão a desenvolver uma forma de integrar um sistema de carregamento “wireless” nas autoestradas do estado norte-americano.

Universidade de Purdue, Indiana (Imagem: PU/Direitos Reservados)

O revestimento especial que iria permitir este carregamento é designado por “magment” e está a ser desenvolvido em colaboração com a empresa alemã Magment, que já tem soluções por indução, mas aplicadas em pequenas áreas.

O "magment" consiste num cimento misturado com partículas magnéticas recicladas e, de acordo com as informações publicadas poderá garantir uma “eficiência recorde de carregamento da ordem dos 95%”, o que irá proporcionar a possibilidade de realizar qualquer viagem sem preocupação com o carregamento elétrico.

De acordo com as informações do INDOT este programa poderá vir a ser testado já muito em breve. Numa primeira fase a Universidade de Purdue irá colaborar com as autoridades rodoviárias no sentido de iniciar os testes de pavimento, análise e pesquisa para melhor otimização do processo.

Autoestrada no Indiana (Imagem: DTI/Direitos Reservados)

Numa segunda fase o INDOT irá construir 400 metros numa determinada extensão de autoestrada no Indiana, para testar o carregamento por indução, em particular de veículos pesados elétricos, operando com potências de 200 kW ou superior.

Este projeto junta-se a outros já em teste em alguns pontos dos EUA e tem como objetivo encontrar uma forma de tornar mais acessível os carregamentos em especial a veículos que necessitam, profissionalmente de percorrer longas distâncias.

Na Europa já existe um circuito em Itália para testar sistema de carregamento de veículos elétricos por indução.

(Foto principal: Fotomontagem/Direitos Reservados)

Continuar a ler
Home
Petróleo russo afinal pode ainda não ser alvo de embargo na União Europeia
A diferença que pode fazer uma tampa na garrafa. Vê aqui o projeto da Coca-Cola
Saga de filme de ação automóvel "Velocidade Furiosa 10" em Portugal