Energia

Pode a energia eólica ser benéfica para a saúde? Vê aqui um estudo do MIT

Estudo do MIT concluiu que utilização de energia eólica gerou benefícios para a saúde no valor de 2 mil milhões de dólares nos EUA
Texto
Energia eólica nos Estados Unidos (Foto: Godofredo A. Vásquez/AP)
Energia eólica nos Estados Unidos (Foto: Godofredo A. Vásquez/AP)

A aposta na energia eólica e solar tem várias vantagens. Além de serem fontes renováveis, que não se gostam independentemente da utilização, também não emitem gases com efeito de estuda ao contrário do carvão ou do gás, algo que é benéfico para a saúde.

Esta conclusão foi comprovada por um estudo da Universidade Técnica de Massachussets (MIT) que mostrou que a maior utilização de energia eólica nos Estados Unidos fez com que a qualidade do ar melhorasse, resultando em 2 mil milhões de dólares em benefícios para a saúde em 2014.

Apesar do valor elevado, as comunidades mais desfavorecidas beneficiaram apenas de cerca de 30% destes benefícios.

Tendo por base dados sobre a produção eólica nos Estados Unidos e as emissões das centrais elétricas a combustíveis fósseis entre 2011 e 2017, os investigadores rastrearam as emissões pelo país, calcularam a qualidade do ar e associaram o fator aos custos de saúde das comunidades.

Central energética - AWAY
Central energética a carvão nos Estados Unidos (Foto: Susan Montoya Bryan/AP)

O que se verificou nos Estados Unidos é que quando havia maior geração de energia eólica, a produção nas centrais energéticas baixava, diminuindo também as emissões. A escolha das centrais que seriam afetadas pelo decréscimo de produção era feita por razões de poupança de custos e não por níveis de emissões.

De acordo com a equipa de investigadores, pequenas mudanças poderiam resultar em ainda mais poupança a nível de saúde.

Energia eólica - AWAY
Energia eólica nos Estados Unidos (Foto: Charlie Riedel/AP)

Se as centrais mais poluentes fossem desligadas em primeiro lugar quando a produção de energia eólica é elevada, os benefícios para a saúde a nível nacional poderiam atingir os 8,4 mil milhões de dólares.

Ainda assim, com este cenário continua a haver uma disparidade a nível de grupos que mais vão beneficiar com estas mudanças. As comunidades desfavorecidas estarão sempre mais expostas a emissões e terão menos benefícios para a saúde.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Europa bate recorde de produção de energia eólica e solar
Preço dos combustíveis com forte descida na próxima semana
Radares da PSP para o mês de fevereiro: onde vão estar em todo o país