Energia

Coca-Cola instala mais de 10 mil m2 de painéis solares na fábrica em Azeitão

Projeto de eficiência energética fotovoltaica da Coca-Cola irá permitir evitar a emissão de 500 toneladas de CO2 por ano
Texto
Coca-Cola instala painéis solares (Foto: divulgação)
Coca-Cola instala painéis solares (Foto: divulgação)

A unidade de produção de Coca-Cola em Azeitão já utiliza desde 2018 energia elétrica de origem renovável. Agora vai ainda mais longe e prepara-se para produzir a própria energia através de um sistema de energia solar fotovoltaico.

A Coca-Cola Europacific Partners (CCEP) avança assim para a melhoria da eficiência e desempenho energético, com a instalação de um parque fotovoltaico na fábrica em Azeitão com uma área total de 10.682 m2, no topo das instalações fabris.

Coca-Cola - AWAY
A fábrica da Coca-Cola em Azeitão foi inaugurada em 1978 (Foto: divulgação)

Este parque solar irá representar uma poupança de 2750 MWH e evitará a emissão de 500 toneladas de CO2 por ano. Mas não irá ficar por aqui.

Em comunicado a CCEP indica que uma segunda fase, com mais 11 mil m2 irá complementar este parque fotovoltaico já durante o próximo ano.

Coca-Cola sustentabilidade - AWAY
A empresa foi reconhecida como uma das 100 empresas mais responsáveis ESG

A empresa acrescenta que um modelo de gestão de energia já permitiu alcançar em Portugal uma eficiência energética de 33% , desde 2021 e uma redução global de 25,7% na emissão de gases de efeito de estufa, desde 2019.

“Em 2021 trocámos toda a nossa frota comercial por veículos híbridos e nos últimos três anos investimos cerca de 3,857M€ em novos equipamentos de frio energeticamente mais eficientes”, adianta Márcio Cruz da CCEP

O responsável pela área de Public Affairs, Communication & Sustainability da CCEP Portugal, Márcio Cruz, refere ainda que esta ação resultou numa redução de 46% neste tipo de equipamentos e uma poupança de cerca de 42.000Mwh (-41%)

A CCEP continua a avançar no sentido da redução progressiva da sua pegada de carbono até atingir o objetivo de emissões zero, ainda antes de 2040. Está previsto que em 2030 a redução tenha chegado, pelo menos, a 30% face a 2019.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Tecnologia Nissan e-Power nos novos Qashqai e X-Trail
Vê onde vão estar os radares da PSP em dezembro
Portugal poderá vir a ter produção de hidrogénio verde em Gondomar