Energia

Novo projeto de hidrogénio verde em Sines com investimento de €5,2 milhões

Portuguesa KEME Energy vai desenvolver unidade-piloto para produção de hidrogénio verde com capacidade total de 2,52 MW
Texto
Zona Industrial e Logística de Sines
Zona Industrial e Logística de Sines

Portugal vai ter um novo projeto de hidrogénio verde, um combustível considerado por muitos essencial para a descarbonização. A KEME Energy, uma empresa portuguesa especializada em energia renovável, vai instalar uma fábrica de produção de hidrogénio verde por eletrólise foto eletroquímica, em Sines.

A futura unidade-piloto, que estará localizada na Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS), num terreno arrendado de 4,8 hectares, implicará um investimento de 5,2 milhões de euros.

Estima-se que a fábrica será capaz de produzir 160 toneladas de hidrogénio verde por ano graças à capacidade total de 2,52 MW.

O projeto será implementado em duas fases, sendo que a capacidade inicial de produção estima-se que será de 80 toneladas de hidrogénio. A segunda fase, que já está em projeto e que conta com uma candidatura ao Fundo Ambiental do Programa de Recuperação e Resiliência, irá duplicar a capacidade de produção da unidade.

Uma das grandes vantagens da localização da unidade, na ZILS, é a proximidade a uma plataforma logística de âmbito internacional, algo que poderá contribuir para a introdução do hidrogénio nos setores da navegação, indústria e transporte de mercadorias por via terrestre.

No comunicado divulgado pela agência LUSA, é referido que o projeto-piloto poderá ser reproduzido noutras partes do país, dependendo do sucesso que terá em Sines.

(Foto: captura)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Plano da União Europeia vai ajudar a salvar as abelhas
Base logística do Intermarché já tem painéis solares fotovoltaicos
Antártida tem um novo iceberg 15 vezes maior do que Lisboa