Energia

Edifício com fachada solar vai produzir energia para ser autossuficiente

Prédio empresarial em Melbourne vai ter 1182 painéis fotovoltaicos na fachada de vidro que irão gerar 142 kWp
Texto
Edifício com fachada solar na Austrália (Foto: Instagram Kennon)
Edifício com fachada solar na Austrália (Foto: Instagram Kennon)

Vai nascer em Melbourne um novo edifício empresarial que, apesar de ainda não ter sido construído, já está a dar que falar. Isto porque o 550 Spencer, idealizado pelo estúdio de arquitetura Kennon, terá uma fachada solar com 1182 painéis fotovoltaicos integrados. Será um prédio energeticamente autossuficiente.

O que torna este projeto tão interessante é a tecnologia que está a ser usada para que se produza energia solar. De acordo com a New Atlas, ao contrário do que acontece, por exemplo, com a Escola Internacional de Copenhaga, não vão ser instaladas painéis solares comuns.

Para garantir que a sustentabilidade se une ao design em perfeita harmonia, a fachada vai ser feita em vidro com células fotovoltaicas incorporadas, uma tecnologia que teve de ser adquirida à empresa alemã Avancis já que ainda não existe na Austrália.

Com o material escolhido e o fornecedor identificado, havia um novo problema a resolver. A tecnologia de fachada solar ainda não estava certificada na Austrália. Por isso, a Kennon teve de encomendar 40 painéis para poder criar uma réplica da fachada e fazer testes de incêndio. Com a prova feita, a aprovação chegou e o projeto teve luz verde para continuar.

Quando estiver pronto, o prédio de oito andares vai produzir 142kWp – quantidade máxima quando as condições são perfeitas –, o que, de acordo com a Kennon, será energia suficiente para ser alimentar todas as necessidades elétricas do edifício. Graças à utilização de energia limpa, será evitada a emissão de cerca de 70 toneladas de CO2.

O estúdio de arquitetura refere que, além da elevada produção de energia, o facto de não ser necessário fazer a instalação de painéis solares no telhado permite que se possa criar um jardim no topo para que os funcionários possam aproveitar. 

O projeto deverá ficar concluído entre 2023 e 2024.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023