Energia

Restaurantes McDonald’s no Brasil passam a usar energia solar da EDP

Restaurantes em São Paulo e Minas Gerais vão utilizar energia renovável de três centrais fotovoltaicas da EDP Brasil
Texto
Energia solar de centrais da EDP vai alimentar McDonald's Brasil
Energia solar de centrais da EDP vai alimentar McDonald's Brasil

A EDP Brasil vai passar a dar energia limpa a alguns restaurantes McDonald’s do país. A empresa energética construiu três centrais fotovoltaicas no estado de São Paulo e em Minas Gerais que irão alimentar 28 restaurantes e sete quiosques, detidos pela Arcos Dorados, nos dois estados brasileiros durante os próximos 12 anos.

As novas centrais têm uma capacidade instalada de 6,6 MWp e são constituídas por um total de 16,2 mil painéis fotovoltaicos. Estes têm tecnologia de tracking que permite que estes se movam de forma a captar o máximo de raios solares ao longo do dia.

Anualmente, os novos parques solares vão evitar a emissão de 725 toneladas de CO2, o que equivale à plantação de cinco mil árvores.

McDonald's em São Paulo (Foto: Arcos Dorados)

Em Portugal, a EDP também tem trabalhado com a McDonald’s no âmbito da sustentabilidade. Além de soluções de eficiência energética, a EDP Comercial instalou mais de 150 pontos de carregamento rápido para veículos elétrico nos restaurantes da McDonald’s em Portugal continental e ilhas.

Também numa tentativa de ter uma menor pegada ecológica, a McDonald's abriu o seu primeiro restaurante zero-emissões no Reino Unido. O restaurante da cadeia de fast food que abriu em 2021 irá servir de guia para a transição dos outros espaços.

(Fotos: divulgação e Unsplash)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar de 15 a 21 de julho
Cidades mais verdes e menos compactas têm taxa de mortalidade mais baixa
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa