Energia

Painéis solares ajudam a purificar água para 200 mil pessoas

Estação de tratamento de água no Maláui é agora autossuficiente graças a painéis solares e sistema de baterias
Texto
Central de tratamento de água com painéis solares no Maláui (foto: RIC Energy)
Central de tratamento de água com painéis solares no Maláui (foto: RIC Energy)

A instalação de painéis solares em zonas onde a rede energética tem muitas falhas pode fazer toda a diferença na qualidade de vida de milhares de pessoas. A prova disso é o mais recente projeto da RIC Energy que instalou um parque de energia solar numa das maiores centrais de tratamento de água em Mzuzu, no Maláui (África) que abastece 200 mil pessoas.

O projeto é composto um parque solar com capacidade de 1,3 MW e um sistema de armazenamento com baterias de 4,5 MWh, distribuído por duas estações de tratamento e cinco estações de bombeamento. Espera-se que tenha uma potência de produção de 2,2 milhões de KWh por ano.

A energia gerada vai permitir evitar as emissões de duas mil toneladas de CO2.

Este sistema híbrido garante que a estação de tratamento de água seja energeticamente autossuficiente. Isto é especialmente importante já que, no Maláui, a rede energética é instável.

Com o parque solar e o sistema de armazenamento, garante-se o fornecimento contínuo de água, mesmo em caso de apagão na rede.

A RIC Energy é uma empresa espanhola com projetos de energia solar e eólica, hidrogénio verde e biogás em toda a Europa. Está ainda presente nos Estados Unidos e promove a construção de projetos fotovoltaicos e híbridos em países do continente Africano.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
7 conselhos para conduzires em segurança em dias de chuva
Novo Dacia Spring traz novo design e mais equipamentos
Circulação de comboios na Linha de Cascais com cortes este fim de semana