Energia

EDP Renováveis expande portefólio de energia eólica offshore na Escócia

Joint venture Ocean Winds da EDP Renováveis e Engie irá construir dois parques eólicos na Escócia com capacidade total de 2,3 GW
Texto
Ocean Winds vai ter dois novos parques eólicos offshore (Foto: Ocean Winds)
Ocean Winds vai ter dois novos parques eólicos offshore (Foto: Ocean Winds)

A Ocean Winds, uma joint venture da EDP Renováveis e da Engie, vai desenvolver dois parques eólicos offshore na Escócia com a capacidade total de 2,3 GW de capacidade. Este é o resultado do programa ScotWind criado pelo governo escocês para arrendamento do fundo do mar para desenvolvimento de parques eólicos offshore.

Os dois projetos que irão nascer nos próximos meses irão incluir tecnologia eólica flutuante.

Em comunicado, a empresa de energia eólica offshore explica que o maior projeto, com capacidade para 1,8 GW, será desenvolvido em parceria com a Mainstream Renewable Power a este das Ilhas Shetland, numa zona com cerca de 100 metros de profundidade.

Ilhas Shetland, Escócia (Foto: M. Lentz/Unsplash)

O outro projeto, apenas da Ocean Winds, será também próximo das Ilhas Sheatland e terá capacidade de produção de 500 MW.

Com estes dois novos parques eólicos offshore, a Ocean Winds atinge um portfólio a nível mundial com capacidade de produção de 14,5GW.

Só na Escócia, a joint venture conta com cinco projetos eólicos com capacidade total de 6,1 GW: os dois anunciados agora nas Ilhas Sheatland e as quintas eólicas Caledonia (com 2 GW), Moray East (com 950 MW) e Moray West (com 882 MW).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023