Energia

Países Baixos avançam com duas novas centrais de energia nuclear

Construção de centrais nucleares tem como objetivo apoiar transição energética e descarbonizar produção de eletricidade
Texto
Energia nuclear na Europa (Foto: Laurent Cipriani/AP)
Energia nuclear na Europa (Foto: Laurent Cipriani/AP)

Os Países Baixos vão avançar com a construção de duas novas centrais nucleares. Estas duas novas unidades estarão prontas até 2035 e vão representar 13% da produção de eletricidade no país.

O objetivo destas duas novas centrais nucleares é apoiar a transição energética dos Países Baixos que, o ano passado, da eletricidade que consumiu, apenas 12% veio de fontes renováveis.

Energia nuclear - AWAY
Duas novas centrais nucleares devem ficar concluídas em 2035 (Foto: Jean-Francois Badias/AP)

O país europeu espera que, até 2040, toda a produção de energia seja neutra em carbono.

A construção das centrais nucleares deverá ser feita na proximidade da única central de produção de energia nuclear que está neste momento ativa no país, em Borssele. O governo tem alocado 5 mil milhões de euros para a obra que deverá arrancar em 2028.

Este ano, a energia nuclear assim como o gás natural foram consideradas fontes sustentáveis pela União Europeia, sendo que o o rótulo “verde” será atribuído a partir de janeiro de 2023.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Aquecimento global pode afetar 3,6 mil milhões de pessoas
O futuro da mobilidade elétrica pode ser um bilugar bem radical
7 dicas para combater a humidade e bolor em casa