Energia

Hidrogénio verde na Namíbia poderá ter apoio da União Europeia

Possível acordo prevê apoio na produção de hidrogénio verde e garante também um novo fornecedor do combustível para a UE
Namíbia (Fotos: R. Muller/Unsplash)
Namíbia (Fotos: R. Muller/Unsplash)

A União Europeia está a preparar um acordo com a Namíbia para apoiar a produção de hidrogénio verde no país. De acordo com a Reuters, desta forma, a UE estaria também a garantir a importação deste tipo de combustível.

Apesar de a Comissão Europeia ter-se negado a comentar o possível acordo, a Reuters refere que, de acordo com um oficial da UE, poderá haver uma assinatura de um memorando de entendimento com a Namíbia durante a Conferencia das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas que ocorre em novembro, no Egipto.

Com o apoio da UE, a Namíbia, que é um dos países mais secos e com menos densidade populacional do mundo, espera conseguir aproveitar o potencial da energia solar e eólica do país para produzir hidrogénio. A União Europeia também espera conseguir acesso aos minerais no país africano.

O hidrogénio tem sido apontado como um dos combustíveis do futuro, uma vez que não tem quase emissões nenhumas durante a sua utilização. Atualmente, é usado especialmente em indústrias pesadas e transportes, representando ainda uma percentagem residual comparando com combustíveis fósseis.

Um dos principais problemas do hidrogénio atualmente é que grande parte do que é consumido na Europa não é produzido através de fontes sustentáveis, mas sim a partir de gás. Por isso, a Reuters refere que é uma prioridade para a UE encontrar fornecedores de hidrogénio verde, ou seja, hidrogénio produzido a partir de fontes sustentáveis.

O pacote energético REpowerEU, apresentado em maio, previa um impulso no hidrogénio verde e estabelecia um objetivo de produção interna de 10 milhões de toneladas e de importações na mesma quantidade até 2030.

Continuar a ler
Home
Preço dos combustíveis para a próxima semana com nova descida
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas