Energia

Hidrogénio e gás: Portugal, Espanha e França com acordo para novo gasoduto

Barcelona para Marselha assim parece ter ficado decidida a ligação do gasoduto ibérico a França
Texto
Porto de Barcelona (Foto: James Heming/Pexels)
Porto de Barcelona (Foto: James Heming/Pexels)

Será construído no mar Mediterrâneo entre Barcelona e Marselha e servirá para transportar principalmente hidrogénio verde, embora numa primeira fase permita a passagem de gás natural. BarMar é a designação do novo gasoduto que irá assegurar a ligação entre a Península Ibérica e França deixando assim de lado a solução MidCat via Pirinéus.

A infraestrutura deverá ficar concluída no final da década, de acordo com informações da EuroNews. Enquanto isso, Portugal irá terminar a ligação CelZa que liga Celourico da Beira a Zamora.

Os altos responsáveis de Portugal, Espanha e França, reunidos em Bruxelas, parecem assim ter finalmente desbloqueado o impasse e poderão ter um importante papel no “aliviar da crise energética” dentro de pouco tempo, referiu o Primeiro-Ministro António Costa, citado pela Reuters.

Um dos mais antigos bloqueios da Europa está finalmente ultrapassado – referiu Costa

A Europa estava à procura de uma solução para assegurar fornecimento de energia ao eixo central devido às sanções impostas à Rússia após a invasão que resultou na Guerra na Ucrânia.

O novo gasoduto é uma resposta solidária dos parceiros europeus face à chantagem russa, referiu o Primeiro-Ministro espanhol Pedro Sanchez, em declarações à Reuters em Bruxelas.

O Presidente francês Emmanuel Macron, acérrimo crítico da solução inicial apresentada por Portugal e Espanha referiu à saída do encontro em Bruxelas que “é imperativo que a Europa se mantenha unida”.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Tecnologia Nissan e-Power nos novos Qashqai e X-Trail
Vê onde vão estar os radares da PSP em dezembro
Portugal poderá vir a ter produção de hidrogénio verde em Gondomar