Energia

Primeira central solar da Iberdrola em Setúbal pode abastecer 11 mil casas

Aljeruz no concelho de Palmela recebeu a primeira unidade de produção de energia fotovoltaica da Iberdrola em Portugal
Texto
Projeto fotovoltaico Aljeruz II da Iberdrola (Foto: Divulgação)
Projeto fotovoltaico Aljeruz II da Iberdrola (Foto: Divulgação)

A Iberdrola acaba de inaugurar a primeira central fotovoltaica em Portugal, de um conjunto de sete projetos de produção de energia solar que a empresa espanhola irá realizar em solo nacional.

A central fotovoltaica Algeruz II, situa-se junto à localidade com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Palmela, Distrito de Setúbal e faz parte da estratégia de investimento em energias renováveis da Iberdrola.

O projeto envolveu um investimento de 17,8 milhões de euros e é constituído por mais de 50 mil módulos fotovoltaicos fixos e monofásicos. Tem uma capacidade instalada de 27,35 MW e poderá produzir energia suficiente para alimentar mais de 11 mil residências, evitando a emissão de 13,4 mil toneladas de CO2 por ano.

A Iberdrola foi a maior vencedora em termos de número de lotes no leilão de 2019 em Portugal, com um total de 7 lotes ou sete projetos fotovoltaicos, três dos quais estão em construção e devem entrar em operação comercial durante este ano. Estas são as usinas fotovoltaicas Conde (13,51 MW), Alcochete I (32,89 MW) e Alcochete II (12,72 MW), também localizadas no distrito de Setúbal. Os projetos Alcochete I e II contarão com tecnologia bifacial que maximiza a produção de energia e reduz o custo médio da eletricidade em 16%.

Além disso, os projetos Montechoro I (11,57 MW), Montechoro II (24,95 MW) e Carregado (64,1 MW), concedidos no mesmo leilão, estão em processo de obtenção da licença de construção, e o início de suas operações está previsto para 2023, quando a capacidade fotovoltaica da Iberdrola em Portugal totalizará 187 MW.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro