Energia

Apesar do aumento do preço dos combustíveis o consumo de gasolina subiu 40%

Dados do 1º Trimestre de 2022 mostram subida de consumo face a período homólogo de 2021 mas descida face ao trimestre anterior
Texto
Combustíveis (Foto: Engin A./Pixabay)
Combustíveis (Foto: Engin A./Pixabay)

Dados revelados hoje pela Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro), revelam que o consumo de gasolina subiu 40% e o consumo de gasóleo subiu 23,4% no primeiro trimestre de 2022 face ao período homólogo de 2021.

Esta subida de consumo ocorre num momento em que o preço dos combustíveis mantêm-se elevado em Portugal, mas ainda assim os dados mostram que o consumo é inferior ao consumo do último trimestre de 2021.

Qual foi o aumento do consumo de combustível?

O relatório da Apetro, com base em dados da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), indica um aumento de venda em 66,1 mil toneladas de gasolina (mais 40%) para um total de 232 mil toneladas. O consumo de gasóleo subiu 199,4 mil toneladas (mais 23,4%) e o GPL Auto teve um crescimento de 2,7 mil toneladas (mais 50%), para um total de 8 mil.

Em relação ao último trimestre as contas da Apetro revelam um decréscimo de 24,5 mil toneladas de gasolina (menos 9,6%), uma descida de 63,9 toneladas de gasóleo (menos 5,7%) e de menos 800 toneladas de GPL Auto (menos 9%).

Em comunicado a Apetro refere ainda que “o mercado total dos combustíveis rodoviários líquidos subiu 265,5 mil toneladas (+26,1%) em relação ao trimestre homólogo, mas diminuiu 88,4 mil toneladas (-6,4%) em relação ao trimestre anterior.”

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Governo recomenda baixar a velocidade máxima para os 100 km/h
Comboio de alta velocidade Porto-Lisboa poderá ser uma realidade dentro de uma década
Itália tem primeira residência para estudantes alimentada a hidrogénio