Energia

Nova fábrica de biocombustíveis da Repsol recebe empréstimo de €120 milhões

Banco Europeu de Investimento apoia a construção e operação da unidade que começará a laborar no segundo semestre de 2023
Texto
Unidade de produção Repsol
Unidade de produção Repsol

É de 120 milhões de euros o valor do empréstimo que o Banco Europeu de Investimento (BEI) vai conceder à Repsol com vista à construção e operação de uma fábrica de biocombustíveis avançados.

A nova unidade começou a ser contruída em março deste ano nas instalações da Repsol em Cartagena e será a primeira do género em Espanha. Deverá estar concluída no segundo semestre de 2023, altura que começará a produzir biocombustíveis avançados e de segunda geração.

Repsol e BEI - AWAY
Antonio Lorenzo Sierra (Repsol) e Ricardo Mourinho Félix (BEI) na assinatura do acordo

Os biocombustíveis de segunda geração são produzidos a partir de um leque alargado de resíduos biogénicos, principalmente provenientes da indústria agroalimentar, tais como óleos alimentares usados, gorduras animais e óleos vegetais que não podem ser consumidos.

Já os biocombustíveis avançados são produzidos especificamente a partir de um subgrupo de matérias-primas biogénicas.

Ambos os biocombustíveis pretendem oferecer uma solução de mobilidade sustentável, em particular aos setores que ainda não têm alternativas de descarbonização da sua atividade, tais como os transportes marítimos, aéreos ou de longa distância.

De acordo com a Repsol, estes conseguirão reduzir entre 70% a 90% as emissões líquidas de CO2, comparativamente aos combustíveis tradicionais que vêm substituir.

Em linha com os objetivos de descarbonização da Repsol, Ricardo Mourinho Félix, o português que ocupa o cargo de vice-presidente do BEI, reforçou, no evento de assinatura do acordo de empréstimo, que a instituição está comprometida em financiar a transformação verde, o uso de fontes de energia alternativas e programas de investigação inovadores em toda a Europa.

(Fotos: Repsol)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo