Energia

O uso de biocombustíveis deixa-te de pé atrás? Esclarecemos três mitos

Fonte de energia produzida a partir de resíduos pode contribuir para acelerar a descarbonização da mobilidade
Texto

Os biocombustíveis produzidos a partir de diferentes tipos de resíduos continuam a gerar alguma desconfiança junto dos consumidores, apesar de serem reconhecidos os benefícios da sua utilização. Neste artigo propomo-nos a quebrar alguns mitos em torno desta fonte de energia.

Enquanto alternativa aos combustíveis fósseis normalmente usados pelos veículos, os biocombustíveis podem ser uma das formas mais imediatas e eficazes de acelerar a transição energética e a descarbonização da mobilidade.

O facto de serem um importante dinamizador da economia circular e contribuírem para a independência energética de diferentes setores são outras das suas vantagens, salientadas pela Associação de Bioenergia Avançada (ABA).

Biocombustíveis - AWAY
Biocombustíveis podem acelerar descarbonização

Ainda assim, muitos consumidores revelam alguma preocupação e/ ou falta de informação relativamente ao uso de biocombustíveis, levando-os a colocar questões como as três que se seguem.

Os biocombustíveis reduzem a vida útil do veículo?

A ABA esclarece que os biocombustíveis que hoje são produzidos estão adaptados às especificidades dos motores atuais e que as misturas disponíveis para abastecimento não representam qualquer risco para as componentes mecânicas.

A associação acrescenta que a União Europeia está até a desenvolver legislação para incentivar a incorporação de maiores percentagens de biocombustíveis na gasolina e gasóleo tradicionais (acima dos 7%), generalizando esta oferta a todos os postos de abastecimento.

Em Portugal, segundo a ABA, há projetos com veículos pesados que chegam a utilizar 100% de biocombustíveis, o que permite eliminar qualquer presença de fontes fósseis.

Biocombustíveis - AWAY
Biocombustíveis adaptados aos motores atuais

São os biocombustíveis uma fator de crise ambiental?

Os biocombustíveis de resíduos assumem-se como uma das soluções energéticas que mais contribui para preservar a natureza, assegura a ABA.

A recolha e tratamento de matérias-primas como óleos alimentares usados, margarinas ou borras de café, usados na sua produção, permite contribuir para a valorização dos resíduos enquanto fonte de energia sustentável e, ao mesmo tempo, reduzir o desperdício e poluição ambiental.

Biocombustíveis - AWAY
Biocombustíveis são produzidos a partir de resíduos

Os biocombustíveis são responsáveis pelo aumento de lixo importado?

A importação de resíduos é feita enquanto matéria-prima para elevar a produção de bioenergia avançada e promover a descarbonização da mobilidade, esclarece a ABA.

O que pode ser visto como lixo é, na realidade, um conjunto de matérias-primas tratadas que criam uma alternativa sustentável para a mobilidade, descarbonizando os transportes e evitando a deposição destes resíduos em aterros e a consequente poluição, sublinha a associação.

(Fotos: Unsplash)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Aquecimento global pode afetar 3,6 mil milhões de pessoas
O futuro da mobilidade elétrica pode ser um bilugar bem radical
7 dicas para combater a humidade e bolor em casa