Energia

Sabias que 25% dos carros elétricos têm baterias made in Coreia do Sul?

Mais de um em cada quatro carros elétricos no mundo circulam com baterias sul-coreanas
Texto
David Kim (EVP/LG) com Hummer EV (foto: Jeff Kowalsky/AFP via GettyImages)
David Kim (EVP/LG) com Hummer EV (foto: Jeff Kowalsky/AFP via GettyImages)

Samsung SDI, LG Energy Solution e SK Innovation são três colossos tecnológicos da Coreia do Sul. Se à primeira vista nada te dizem, fica a saber que mais de um quarto dos veículos elétricos ou híbridos plug-in, produzidos em todo o mundo, contam com baterias fornecidas por um destes três construtores. Sim, Tesla incluída.

Os dados são da SNE Research, e revelam uma aposta forte do governo e indústria sul-coreanos que já tem mais de uma década (ver foto abaixo), mas as coisas podem mudar em breve, ou pelo menos para viaturas provenientes de construtores norte-americanos.

Coreia do Sul - AWAY
Ex-presidente Coreia do Sul, Lee Myung-Bak, na LG em 2011 (foto: Dong-A Ilbo/AFP via GettyImages)

O governo de Joe Biden implementou uma lei que obriga a que em 2023, pelo menos 40% do total de minerais críticos para produção de baterias tenha que ter proveniência dos Estados Unidos ou de países com acordos de livre comércio.

Biden tem apostado em "puxar" para os EUA a produção de baterias com forte investimento. Mas qual será o impacto desta medida (que na verdade é de caráter fiscal)?

coreia do sul - AWAY
Baterias SK Innovation (foto: Jung Yeon-Je/GettyImages)

Esta lei irá taxar fortemente produtos que não cumpram este requisito. Pior, do ponto de vista das empresas sul-coreanas, é que esta incorporação americana terá de atingir cerca de 80% até 2027.

coreia do sul - AWAY
Bateria Samsung SDI (foto: Jung Yeon-Je/GettyImages)

Em declarações à Reuters, em meados do mês passado, a LG Energy Solution afirma que será extremamente difícil atingir estas metas quando é do conhecimento geral que a China domina os processos de extração de minério a nível mundial. E a opinião da SK e da Samsung não é muito diferente,

Esta medida irá ter impacto na Tesla, Grupo General Motors e Ford, mas se o exemplo for seguido pela União Europeia, as coisas podem complicar-se para a produção na Coreia do Sul. A solução poderá passar pelo deslocamento de fábricas… mas as matérias primas continuarão a ser um entrave.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Há um novo microcarro elétrico para a cidade que estica e encolhe
Descobre umas telhas que são na verdade pequenos painéis solares
Descobrimos marcas e lojas sustentáveis em Lisboa à boleia do elétrico 28