Energia

Galp vai aumentar preço do gás natural a partir de julho

Empresa energética anunciou aumento de cerca de 3,60 euros para escalão mais representativo. Eletricidade não sofre alterações
Galp vai aumentar preço do gás natural a partir de julho
Galp vai aumentar preço do gás natural a partir de julho

A Galp vai fazer uma atualização ao preço do gás natural a partir de 1 de julho, optando por manter o valor da eletricidade. A empresa anunciou que o aumento para o gás natural será de cerca de 3,60 euros para o escalão mais representativo.

Conforme precisou fonte oficial da petrolífera à Lusa, esta atualização do gás natural vai refletir o aumento do custo de compra, em linha com a evolução do produto no mercado internacional.

Gás natural (Foto: C. Sokolowski/AP)

em relação à eletricidade, a Galp referiu que o preço final manter-se-á igual, sendo que, a partir de 1 de julho, irá refletir a redução das tarifas de acesso às redes anunciada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos [ERSE] e também o aumento dos custos de eletricidade no mercado grossista.

Preço da energia em Portugal

As oscilações no preço da energia têm-se feito sentir nos últimos meses devido à guerra na Ucrânia.

Depois de ter subido o preço das tarifas em maio, fonte oficial da EDP disse à Lusa que iria reduzir as tarifas em cerca de 2,6% a partir de julho.

a ERSE, em abril, divulgou uma proposta excecional de descida do preço da eletricidade em mercado regulado de 2,6% a partir de julho, depois de ter aumentado as tarifas energéticas em 3% a 1 de abril.

A ERSE indicou ainda que face ao preço médio de 2021, houve um aumento de 1,1% no preço de venda final. No entanto, em cinco anos, os consumidores domésticos de eletricidade tiveram uma redução acumulada de 3,7% no preço final. Por sua vez, os consumidores com tarifa social continuam a beneficiar de um desconto de 33,8%.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?