Energia

Bruxelas aprovou proposta de fixar teto no preço do gás na Península Ibérica

Medida evitará contaminação do preço da eletricidade pela subida do custo do gás
Aprovado teto para gás na Península Ibérica
Aprovado teto para gás na Península Ibérica

O primeiro-ministro António Costa anunciou esta segunda-feira, 9 de maio, que a Comissão Europeia aprovou a proposta de Portugal e Espanha sobre um mecanismo temporário para fixar o preço médio do gás nos 50 euros por MWh. O primeiro-ministro prevê terça-feira, 10 de maio, seja aprovada a legislação.

Foi em Estrasburgo, na sede do Parlamento Europeu, depois do encerramento da Conferência sobre o Futuro da Europa, que António Costa, citado pela Lusa, referiu que a “Comissão Europeia deu ‘luz verde’ à proposta portuguesa e espanhola de forma a evitar a contaminação do preço da eletricidade pela subida do preço do gás”.

Primeiro-ministro português, António Costa (Foto: José Sena Goulão/Lusa)

De acordo com António Costa, o próximo passo será coordenar com o governo espanhol como é que será feita a aprovação da respetiva legislação.

Espanha reúne habitualmente o Conselho de Ministro à terça-feira, mas faremos um Conselho de Ministros extraordinário para aprovar esta medida, para que entre, simultaneamente, em vigor na Península Ibérica”, adiantou António Costa.

A aprovação da proposta vem no seguimento do acordo político feito entre Portugal, Espanha e a Comissão Europeia em final de abril para o estabelecimento de um mecanismo temporário que permitirá fixar o preço médio do gás nos 50 euros por MWh por um período de cerca de 12 meses.

Na atual configuração do mercado europeu, o gás determina o preço global da eletricidade quando é utilizado, uma vez que todos os produtores recebem o mesmo preço pelo mesmo produto — a eletricidade — quando este entra na rede.

(Fotos: Pixabay)

Continuar a ler
Home
Novos radares em Lisboa dia 01 de junho. Sabe aqui onde estão
Cuidado com o calor. Vêm aí máximas de 35 graus!
Sabias que há cidades que podem contribuir para a tua saúde?