Energia

“Cheque-combustível” de 100 euros vai ser distribuído em França

Medida abrange trabalhadores dependentes e independentes que ganhem menos de 2000 euros por mês e também para desempregados e reformados
Texto
dinheiro
dinheiro

Franca vai dar cheque combustível único de 100 euros já a partir de dezembro. A medida que foi anunciada pelo primeiro ministro, Jean Castex, vai ajudar mais de 36 milhões de trabalhadores dependentes e independentes com rendimento mensal inferior a 2000 euros, desempregados a procura de emprego e reformados.

Este cheque-combustível único surge numa altura em que os preços dos combustíveis fósseis tem escalado semanalmente.

Em declarações transmitidas no canal televisivo TF1, Jean Castex afirmou que esta é “uma resposta excecional para uma situação excepcional”.

Em setembro, o governo francês prometeu um apoio financeiro também de cem euros para famílias de baixo rendimento e o primeiro-ministro anunciou também o congelamento dos preços do gás natural até ao final de 2022.

Estes apoios surgem face ao crescente contentamento da população com a crise energética numa altura em que ainda se está a recuperar dos efeitos económicos da pandemia.

Ainda assim, em França tem-se verificado ao longo dos anos um grande descontentamento em relação aos combustíveis, que começou em 2018 com o movimento “coletes amarelos”, mas que rapidamente se transformou numa manifestação geral que durou semanas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Governo recomenda baixar a velocidade máxima para os 100 km/h
Dinamarca está a substituir comboios Diesel por elétricos
Itália tem primeira residência para estudantes alimentada a hidrogénio