Energia

Eletricidade está mais barata, mas consumidores não estão a pagar menos. Porquê?

Tarifas de acesso às redes vão aumentar a partir de junho
Texto
EDP anuncia descida do preço da eletricidade (foto: Joy Singh/Pexels)
EDP anuncia descida do preço da eletricidade (foto: Joy Singh/Pexels)

O preço da eletricidade para as empresas comercializadoras tem estado baixo, mas o fenómeno não se traduz na fatura dos consumidores. Mas porquê? Como funciona o negócio da energia?

Em declarações ao TVI Jornal, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) confirmou que se verificam “descidas significativas nos preços de energia nos mercados grossistas”. No entanto, os consumidores não estão a beneficiar destes preços de saldo.

O que acontece é que quando Portugal começou a apostar nas energias renováveis, há cerca de 20 anos, muitos investidores tiveram preços fixos garantido e o direito de venderem à rede toda a sua produção, mesmo quando esta não é necessária. Estes acordos acabam por ser pagos pelos consumidores não como energia, mas nas tarifas de acesso à rede, incluída em todas as faturas de eletricidade.

“No valor das tarifas de acesso às redes destaca-se o peso do custo com a eletricidade adquirida a produtores com remuneração garantida – renováveis e cogeração”, esclarece a ERSE. Este mês traz atualização nesta tarifa.

Vê na reportagem do TVI Jornal como funciona este negócio da eletricidade e que custos estás a pagar na tua fatura.

Este e muitos outros conteúdos no TVI Player.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Comboios que levitam na linha? Empresa italiana está a testar tecnologia
Radares da PSP. É aqui que vão estar na semana de 24 a 30 de junho
Visita à fábrica da Nissan: sustentabilidade em destaque na produção do Qashqai