Sustentabilidade

Pingo Doce doa 5,3 mil toneladas de alimentos em 2023 e evita desperdício

Com esta doação, Pingo Doce apoiou mais de 100 mil pessoas
Texto
Pingo Doce, da Jerónimo Martins
Pingo Doce, da Jerónimo Martins

O que é que se pode fazer com os produtos alimentares que já não podem ser vendidos, mas que ainda estão aptos para consumo? Em vez de os colocar para o lixo, o Pingo Doce doou-os a várias instituições de cariz social, ajudando assim milhares de pessoas.

Em 2023, a cadeia de supermercados doou 5,3 mil toneladas de alimentos que apesar de estarem aptos para consumo e manterem as suas características nutricionais, não poderiam ser vendidos por terem a embalagem danificada ou por se aproximarem do prazo de validade.

Estes produtos foram entregues a mais de 520 entidades, como Bancos Alimentares, IPSS, ONG, Centros Sociais e Santas Casas da Misericórdia, que os usaram para ajudar mais de 100 mil pessoas, refere o Pingo Doce em comunicado.

A resposta a situações de emergência e carência alimentar é uma das cinco áreas prioritárias da Responsabilidade do Pingo Doce. Com a doação de alimentos, a empresa espera ajudar a minimizar desigualdades na sociedade.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Estes iates de sonho a energia solar vão ser feitos com garrafas de plástico
Empresa portuguesa vai construir central de energia solar de 19 milhões de euros
5 formas de aproveitares as borras de café e dar-lhes uma nova vida