Opinião
Nathalia Azevedo
Diretora de Comunicação e RSE no Eurofred Group, Nathalia Azevedo lidera a estratégia de comunicação de marcas globais como a Fujitsu e a Daitsu, assim como o próprio grupo multinacional.

A importância do papel das empresas no meio ambiente e na sustentabilidade

Um estudo do IBM-IBV revela que a sustentabilidade se tem vindo a tornar cada vez mais importante para as decisões de compra dos consumidores
Texto
Nathalia Azevedo, Communication and CSR Director of Eurofred Group
Nathalia Azevedo, Communication and CSR Director of Eurofred Group

Não é segredo para ninguém que as alterações climáticas cada vez mais se fazem sentir, ano após ano e, por isso, todos nós temos um papel ativo na proteção do meio ambiente, mas a diferença pode e deve começar nas empresas.

O desenvolvimento sustentável na área corporativa, deve reger-se por um conjunto de políticas e ações economicamente sustentáveis e socialmente responsáveis, aplicadas às operações e produtos das empresas, estando intimamente relacionado com o crescimento contínuo das economias a nível mundial. Na prática, falamos de medidas que visam proteger a sociedade, o meio ambiente e a economia.

Desta forma, investir em pequenas práticas sustentáveis, como mudar as luzes para LED, incutir a reciclagem ou até mudar os sistemas de climatização para opções com uma maior eficiência energética, contribui não só para o aumento da produtividade e eficiência através da otimização do espaço de trabalho, como para a minimização do custo de produção, quando tal se aplica. Esta responsabilidade social, agrega não só benefícios evidentes para as empresas como um impacto positivo no meio ambiente.

As empresas podem e devem ainda apostar em ações de maior porte, uma vez que possuem capacidade para tal, comparativamente com os indivíduos/famílias. Os compromissos com o ambiente e sustentabilidade devem ser elaborados e, sobretudo, compridos. São empresas responsáveis aquelas que definem um plano de ação e trabalham de forma contínua até chegar ao seu objetivo, não só a nível ecológico, como também social, com ações que impulsionam o bem-estar de coletivos mais vulneráveis.

No nosso caso, por exemplo, o nosso compromisso passa por eliminar a 100% a nossa pegada ecológica. Nesse sentido, fomos a primeira empresa a compensar as emissões de CO2 e a única no nosso setor a calculá-las e a reduzi-las. As campanhas de reflorestação, absorção e compensação que promovemos são fundamentais a este respeito e já nos permitiram compensar um ano da nossa atividade em Espanha, França, Marrocos e Chile.

Em Portugal e Itália, por outro lado, pretendemos compensar as emissões até 2036 e 2039, respetivamente. Para além da reflorestação, trabalhamos em conjunto com outros parceiros para ativar programas de inserção e desenvolvimento, que aportem oportunidades de formação e emprego a grupos de trabalho locais.

Assim, além de contribuirmos para o meio ambiente, estamos também a ajudar os nossos clientes a fazê-lo, oferecendo soluções que dão resposta a uma maior consciencialização e objetivos europeus que marcam a agenda de 2030 com a descarbonização de todos os países membros. E isso é algo que faz a diferença no momento de escolher um produto ou serviço, como provam os vários estudos que têm sido publicados recentemente. Um desses exemplos é o estudo do IBM Institute for Business Value, que mostra que, desde 2020, a sustentabilidade se tem vindo a tornar cada vez mais importante para as decisões de compra dos consumidores e para a preferência em relação a marcas.

Hoje em dia, a sustentabilidade passou de uma simples preocupação a um critério de compra. Acredito que isto deve ser utilizado como uma motivação e mais-valia extra para todos os negócios, pois é uma forma de continuarmos a par e passo com as necessidades dos consumidores e do nosso planeta.

Nathalia Acevedo, Communication and CSR Director of Eurofred Group, escreveu a convite da AWAY Magazine

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabias que 1 em cada 4 EV utilizam baterias da Coreia do Sul?
Preço da gasolina e do gasóleo desce na próxima segunda-feira. Vê aqui
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa