Sustentabilidade

Já podes usar tijolos de cânhamo nas obras em casa por €67,71 m2

Empresa portuguesa quer aumentar produção nacional de blocos de cânhamo
Texto
Tijolos de Cânhamo (foto: Cânhamor/Facebook)
Tijolos de Cânhamo (foto: Cânhamor/Facebook)

Tijolo de cânhamo para utilizar em construções e remodelações. Já tinhas pensado nisso? Esta é a proposta da empresa Cânhamor que assegura que é uma forma de poderes ter uma casa mais sustentável minimizando ao mesmo tempo a pegada carbónica, o que é fundamental para o setor da construção.

Pensando nisso e projetando um futuro mais sustentável a empresa portuguesa Cânhamor prepara-se para arrancar com uma nova fábrica de produção de blocos ou tijolos de Cânhamo em Garvão, no concelho de Ourique, distrito de Beja, até final do ano, esperando desse modo poder passar de uma capacidade de resposta de duas a três casas, para responder a pedidos de fornecimento de até 70 casas por mês.

tijolo cânhamo - away
Os blocos de cânhamo podem ser produzidos apenas com materiais naturais e curados por dois meses (foto: Cânhamor/Facebook)

Em declarações à Lusa, Frederico Barreiro da Cânhamor refere que a empresa poderá ter esta nova unidade, a laborar já no final do ano e poderá criar cerca de 30 postos de trabalho diretos, num terreno com quase 36.500 metros quadrados (m2).

cânhamo - away
A Cânhamor produz os blocos de forma artesanal no Alentejo (foto: Cânhamor/Facebook)

Em Beja poderá inclusive vir a nascer todo um centro tecnológico e de negócio em redor do cânhamo, com a futura instalação, numa segunda unidade, da “única decorticadora ibérica”, máquina que poderá permitir separar o cânhamo e extrair a parte da fibra, que será utilizada no setor têxtil.

Para além disto existe o objetivo de incentivar produtores locais de cânhamo para abastecer a procura e auxiliar assim a economia no Alentejo.

cânhamo - away
A empresa assegura que estes blocos são mais sustentáveis que os tradicionais tijolos de barro

A Cânhamor refere que as principais vantagens da utilização dos blocos de cânhamo passam pela sustentabilidade, já que é um material natural, mas destaca o baixo peso e resistência, para além da resistência ao fogo, regulação de humidade e eficiência térmica e acústica.

A empresa portuguesa indica no site que os blocos Cânhamor de 20 centímetros custam a partir de 67,71 euros/m2.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Férias à vista: estas praias portuguesas têm as águas mais limpas do país
Legumes e frutas a estragar? Vê como prolongar a sua vida e evitar que acabem no lixo
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável