Energia

Combustíveis: Governo mantêm corte nos impostos em julho e agosto

O Governo decidiu renovar as medidas de mitigação do aumento do preço dos combustíveis nos próximos dois meses
Combustíveis (Foto: Associated Press)
Combustíveis (Foto: Associated Press)

O Executivo de António Costa, através de comunicado do Ministério das Finanças, anunciou que irá manter os cortes nos impostos que afetam o preço dos combustíveis, nomeadamente o desconto no ISP e a isenção da taxa de carbono.

Assim, o desconto no Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) equivalente a uma descida da taxa de IVA dos 23% para 13%, conforme desejo do Executivo já manifestado em Bruxelas, irá manter-se nos próximos dois meses.

O Governo determinou que a diminuição da carga fiscal será de 28,2 cêntimos por litro de gasóleo e 32,1 cêntimos por litro de gasolina. Aqui a novidade é que estes valores já não serão revistos semanalmente, irão manter-se assim até final de agosto, e, nessa altura reavaliados em função da situação atual.

A aplicação da de taxa de carbono, avaliada num aumento da ordem dos 6 cêntimos por litro irá igualmente manter-se suspensa nos próximos dois meses.

Entretanto há mais medidas de apoio a setores específicos que já estão igualmente a ser anunciadas, como apoios aos transportes e gasóleo agrícola (aqui há um desconto no ISP que passa de 3,4 cêntimos para 6 cêntimos por litro).

Continuar a ler
Home
Preço dos combustíveis para a próxima semana com nova descida
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas