Energia

Preço dos combustíveis para a próxima semana de 9 a 15 de janeiro

Preço do gasóleo devera descer até 5 cêntimos e o preço da gasolina deverá descer até 1 cêntimo
Texto
Preço dos combustíveis
Preço dos combustíveis

O preço dos combustíveis para a próxima semana de 9 a 15 de janeiro de 2023 volta a apresentar uma tendência de descida no gasóleo e na gasolina. O preço do gasóleo deve descer 5 cêntimos e o preço da gasolina deverá descer 1 cêntimo por litro. A descida não é maior devido à redução do apoio ao ISP.

Assim, a previsão da AWAY de evolução do preço dos combustíveis a partir da próxima segunda-feira, dia 9 de janeiro, aponta para preço de venda ao público do gasóleo simples descer entre 3,5 a 5 cêntimos por litro (até 0,05 euros/litro) e o preço de venda ao público da gasolina simples 95 descer até 1 cêntimo por litro (até 0,01 euros/litro), ou manter-se inalterado.

Em consulta diária aos dados da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) podemos verificar que existiu uma subida de preços desde o início do ano, com ontem, dia 5 de janeiro o preço médio da gasolina simples 95 a alcançar 1,679 euros/litro e o preço médio do gasóleo simples a alcançar 1,636 euros por litro.

Estes preços são referentes a dados fornecidos à DGEG por mais de 2400 postos de combustível e são uma média que inclui preços praticados com descontos locais, cartões cliente e promoções diversas.

A previsão da AWAY leva em linha de conta já a redução do apoio de ISP por parte do Governo (válido até 5 de fevereiro), o regresso às descidas de valorização do Brent em particular no final da semana, com uma desvalorização de 8,13% nos últimos cinco dias (cotação Brent: 78,80 dólares/barril na abertura da sessão desta sexta-feira, dia 6 de janeiro – fonte OilPrice).

Preço dos combustíveis: como fazemos a nossa previsão

A previsão da AWAY é feita dia 6 de janeiro de 2023 tendo por base o acompanhamento diário do mercado, a evolução do preço do Brent, análise de tendência e consulta privada a fontes do setor de revenda de combustível.

Relembramos que os operadores e postos de combustível são livres de praticar o preço que desejam, tendo apenas que cumprir as obrigações em termos de imposto.

Assim, deverás sempre verificar na tua zona quais os melhores preços e não esquecer que há várias gasolineiras com preço “low cost” e outras com acordos via cupões, cartões e outros descontos associados que baixam o preço final dos combustíveis.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Aquecimento global pode afetar 3,6 mil milhões de pessoas
O futuro da mobilidade elétrica pode ser um bilugar bem radical
7 dicas para combater a humidade e bolor em casa