Mobilidade

Greve nos Transportes Urbanos de Coimbra marcada para agosto

Incumprimento dos horários de trabalho está na origem da convocação da greve que poderá ocorrer em 1 e 7 de agosto
SMTUC - Transportes Urbanos de Coimbra (Foto: Paul Burroughs/Flickr)
SMTUC - Transportes Urbanos de Coimbra (Foto: Paul Burroughs/Flickr)

Os trabalhadores dos Transportes Urbanos de Coimbra poderão estar em greve de 1 a 7 de agosto. A paralisação foi convocada pelo Sindicato Nacional dos Motoristas e Outros Trabalhadores (SNMOT) devido ao incumprimento por parte da empresa de transportes quanto aos horários de trabalho.

A greve, que irá durar sete dias, irá ocorrer às duas primeiras horas e duas últimas de cada serviço para todos os assistentes operacionais no Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), anunciou o SNMOT, citado pela Lusa.

Em janeiro, foi firmado um acordo entre os trabalhadores e a estrutura municipal que referia que, caso o lugar de início de serviço e de final fosse diferente, então o tempo que dista entre os dois pontos deve estar incluído no horário de trabalho. Esta situação nunca foi cumprida, como explicou fonte do sindicato à Lusa.

Os trabalhadores defendem, assim, que esta situação passe a estar prevista no horário normal de trabalho ou, em alternativa, que seja paga pelo menos uma hora de trabalho suplementar face às deslocações.

A agência Lusa tentou obter declarações da vereadora da Câmara Municipal e presidente dos SMTUC, Ana Bastos, que remeteu esclarecimentos para depois da reunião do conselho de administração daquela estrutura municipal, marcada para sexta-feira, 1 de julho.

O sindicato e o SMTUC vão ter uma reunião a 27 de julho para tentar resolver a situação. Se tal acontecer, a greve poderá ser desconvocada.

(Foto: A. Sessa/Unsplash)

Continuar a ler
Home
Alterações climáticas impactam nascimento das tartarugas
Preço dos combustíveis desce hoje: vê a nossa previsão
Descobre este veículo de transporte coletivo autónomo e a hidrogénio