Sustentabilidade

COP26: Joe Biden promete reduzir emissões dos EUA em 50% até 2030

O presidente norte-americano reforçou o empenho em baixar as emissões de gases poluentes. EUA deverão atingir a neutralidade carbónica até 2050
Joe Biden, presidente norte-american, na COP26
Joe Biden, presidente norte-american, na COP26
PUB

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, discursou na COP26 e reforçou o compromisso dos Estados Unidos em baixar significativamente as emissões até 2030 e em atingir a neutralidade carbónica até 2050.

Encontramo-nos com os olhos da história em nós. (...) Faremos o que é necessário? Iremos agarrar a oportunidade gigantesca que se estende à nossa frente ou vamos ser capazes de condenar as futuras gerações a sofrer?” Foi assim que Joe Biden começou as suas declarações numa das cimeiras mais importantes dos últimos anos para o clima.

PUB
Joe Biden com Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, e António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas
PUB

O presidente americano, que assumiu o cargo em janeiro deste ano, garantiu que o país será capaz de, até 2030, reduzir para metade os níveis de emissões face aos números de 2005, cumprindo assim a promessa feita em abril, na Cimeira dos Líderes sobre o Clima.

Também foi reforçada a vontade de atingir a neutralidade carbónica até 2050, seguindo assim o objetivo definido no Acordo de Paris.

PUB
António Guterres fez aviso alarmante no arranque da COP26

Queremos mostrar ao mundo que os Estados Unidos não só voltaram à mesa, mas que, esperemos, vão liderar pelo poder do exemplo”, frisou Joe Biden.

Enquanto foi presidente, Donald Trump, retirou os Estados Unidos do Acordo de Paris, uma decisão que abalou os esforços internacionais, uma vez que o país é o segundo maior consumidor de energias renováveis do mundo. Assim que assumiu o cargo, Joe Biden voltou atrás com a decisão do antigo presidente.

O presidente americano alertou também para o facto de as alterações climáticas serem o “desafio coletivo da nossa vida, uma ameaça para a existência humana como a conhecemos e todos os dias que adiamos, o custo da inação aumenta”.

Apesar da vontade do presidente americano, parece que cumprir o prometido não será fácil. De acordo com a Reuters, enquanto discursava na COP26, a proposta de lei que iria permitir o maior investimento americano no combate ao aquecimento global perdia um dos maiores apoiantes, o senador democrata Joe Manchin.

PUB

A COP26, a Cimeira do Clima, está a decorrer em Glasgow desde dia 31 de outubro até 12 de novembro e conta com a presença de mais de 120 líderes mundiais. 

(Fotos: Convenção Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas/Flickr)

Continuar a ler
Home
Mobilidade
Conhece o BMW i7, o elétrico topo de gama que chegará em 2022
Fantástico
É a loucura de Natal! Tesla Cyberquad para miúdos
Fantástico
Vídeo e fotos do Calendário Pirelli 2022 fotografado por Bryan Adams