Cidades

Metrobus poderá ser uma realidade em Braga até 2025

Presidente da Câmara de Braga está confiante de que circulação do metrobus na cidade será uma realidade até final do atual mandato
Texto
Braga vai ter metrobus
Braga vai ter metrobus

O BRT (Bus Rapid Transit), também conhecido como metrobus, deverá estar a circular na cidade de Braga até ao final do atual mandato da câmara municipal. A garantia foi deixada pelo respetivo presidente, Ricardo Rio, no final da reunião quinzenal do executivo.

Teremos com certeza [o metrobus a funcionar] até ao final do mandato [finais de 2024, inícios de 2025]. Estamos a cumprir cada uma das etapas, há estudos técnicos de diversa natureza que estão a ser realizados e temos indicação de que no Portugal 2030 estará uma verba consignada de 100 milhões de euros”, referiu o edil bracarense, citado pela Lusa.

A medida, contudo, não estará isenta de polémica, uma vez que o próprio presidente da câmara adiantou que são esperados congestionamentos na circulação rodoviária na cidade. Ainda assim, Ricardo Rio garante que os benefícios trazidos pelo metrobus superam quaisquer limitações à circulação, pelo facto de se tratar de um novo modelo de transporte coletivo mais rápido e, por isso, mais atrativo para os utilizadores.

A mesma reunião do executivo bracarense aprovou a anulação da adjudicação de três empreitadas no domínio da mobilidade urbana, correspondentes a um investimento superior a 2,2 milhões de euros, justificada pela passagem de linhas dedicadas ao metrobus nos locais previstos para aquelas empreitadas.

A medida gerou reprovação por parte de alguns vereadores da Câmara de Braga, ora pelos custos elevados que o município incorre com a revogação dos contratos, ora pelo facto de não acreditarem que o novo modelo de transporte esteja a circular até ao final do atual mandato, uma vez que ainda não há projeto nem traçado definitivos.

Nó de Infias, em Braga, também vai ser reestruturado

Ainda no domínio da mobilidade urbana, o presidente da Câmara Municipal de Braga aproveitou para anunciar que o concurso público para o reordenamento viário do Nó de Infias, um dos principais pontos de congestionamento de trânsito da cidade, deverá ser lançado no último trimestre deste ano.

No site da Câmara Municipal de Braga já foi publicado uma notícia que refere que este projeto, elaborado pelo Município de Braga e pela Infraestruturas de Portugal (IP), deverá implicar um investimento de cerca de 6 milhões de euros.

A reorganização do Nó de Infias assim como das redes envolventes deverá reduzir em 98% o tráfego automóvel, resultando em menos quatro quilómetros de filas de trânsito, menos ruído e mais segurança.

(Fotos: A. Teixeira e R. Resende/Unsplash, Terekhova/Flickr e Câmara Municipal de Braga)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Há um novo microcarro elétrico para a cidade que estica e encolhe
Descobre umas telhas que são na verdade pequenos painéis solares
Descobrimos marcas e lojas sustentáveis em Lisboa à boleia do elétrico 28