Atualidade

Como se faz um chouriço mais saudável? Tira-se sal e põe-se algas

Menos sal e algumas algas parecem ser o segredo para se produzir um novo chouriço de Quiaios mais saudável
Texto
Chouriço (foto: Freepik)
Chouriço (foto: Freepik)

Há uma nova receita de chouriço tradicional de Quiaios e esta é mais saudável. Um projeto de investigação aliou a inovação à alimentação e reduziu o teor de sal da iguaria da freguesia da Figueira da Foz, substituindo-o por algas e plantas halófitas (plantas terrestres que podem viver junto a água salgada).

Desenvolvido pelo laboratório Marefoz, da Universidade de Coimbra, e promovido pela empresa Cevadas – Casa de Carnes do Ervedal, o projeto consiste na produção de chouriço tradicional de Quiaios com menos sal e sem fosfatos.

Chouriço - AWAY
Novo chouriço tem menos sal (foto: KamranAydinova/Freepik)

Para garantir que se mantinha o aspeto, textura, sabor e cheiro do chouriço tradicional, mas conseguia criar-se um produto mais saudável para o consumidor, foram utilizadas macroalgas e plantas halófitas (plantas altamente tolerantes ao sal, como a salicórnia) para compensar a redução de sal.

O resultado é um produto inovador que utiliza novas matérias-primas sem sacrificar a autenticidade e a qualidade da iguaria local. Desta forma, consegue-se adaptar a charcutaria tradicional às tendências de consumo atuais.

Pela sua inovação, o projeto venceu agora um prémio nacional, atribuído no concurso S4Agro – Soluções Sustentáveis para o Setor Agroindustrial.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
63% da eletricidade consumida de janeiro a maio veio de fontes renováveis
Camiões sem condutor vão entregar-te encomendas 24 por dia
Governo não desce impostos: ISP mantêm e taxa de carbono sobe