Atualidade

13 distritos em alerta amarelo e 30 concelhos em risco máximo de incêndio

O IPMA aconselha que não faça fogueiras ou quaisquer queimadas e a DGS alerta para a necessidade de proteção contra as altas temperaturas
Texto
Calor e risco de incêndio (Foto: Pixabay)
Calor e risco de incêndio (Foto: Pixabay)

Nos próximos dias está prevista a chegada de mais uma onda de calor e há 13 distritos que foram colocados em aviso amarelo por causa do calor, pelo menos até ao final do dia de sábado, 20 de agosto. As altas temperaturas obrigam também a prudência com os incêndios e por isso, 30 concelhos estão hoje, dia 18 de agosto, em risco máximo de incêndio.

Assim, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), colocou em aviso amarelo os distritos de Bragança, Vila Real, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Santarém, Portalegre, Lisboa, Setúbal, Évora, Beja e Faro.

Também por causa da subida de temperatura, hoje, dia 18 de agosto, o IPMA colocou 30 concelhos dos distritos da Guarda, Viseu, Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Faro, em risco máximo de incêndio.

De acordo com a informação disponível no site do IPMA, estão em risco muito elevado de incêndio todo o interior Norte e Centro e alguns municípios do litoral nos concelhos de Aveiro, Coimbra e Leiria, do litoral alentejano e do Algarve.

Em risco elevado, o IPMA colocou toda a região do Alentejo e dezenas de municípios dos distritos de Lisboa, Santarém, Leiria, Viseu, Vila Real, Porto, Aveiro, Braga e Viana do Castelo.

Numa nota divulgada no site, a Direção Geral de Saúde (DGS) lembra que o IPMA prevê um aumento gradual das temperaturas nos próximos dias e aconselha a procura de ambientes frescos e arejados, ou climatizados.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro