Mobilidade

Há bicicletas elétricas a arder e a culpa é das baterias

Número de incêndios relacionados com baterias de bicicletas e trotinetes elétricas está a crescer em Nova Iorque
Texto
Bicicletas elétricas em Nova Iorque (foto: Spencer Platt/Getty Images)
Bicicletas elétricas em Nova Iorque (foto: Spencer Platt/Getty Images)

As bicicletas elétricas são cada vez mais a escolha de muita gente para as deslocações diárias. Mas este meio de transporte está a enfrentar uma crise em Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde, até ao final de fevereiro, foram registados 22 incêndios provocados pelas baterias de e-bikes.

O número de fogos que têm origem nas baterias de bicicletas elétricas tem vindo a crescer ao longo dos anos na cidade conhecida como a grande maçã. se em 2019 foram registados 28 incêndios, o ano passado o número subiu para 216 incêndios, refere o The New York Times.

Bicicleta elétrica em Nova Iorque - AWAY
Bicicletas elétricas estão a provocar incêndios em Nova Iorque (foto: Spencer Platt/Getty Images)

A tendência não está a abrandar em 2023, muito pelo contrário. Com 22 fogos associados às bicicletas elétricas, o número é já quatro vezes superior ao registado no período homólogo do ano passado. Morreram duas pessoas nestes acidentes.

O problema parece estar associado às baterias de lítio defeituosas que acabam por incendiar quando deixadas a carregar durante a noite.

Mas o que está a tornar a situação ainda pior é que, muitas vezes, estas baterias estão a carregar próximo de portas ou em corredores e, quando o fogo deflagra, deixam as pessoas presas nos apartamentos em chamas.

Bicicleta elétrica em Nova Iorque - AWAY
Nova lei em Nova Iorque vai exigir certificado de segurança (foto: Robert Bumsted/AP)

Numa tentativa de controlar o problema, a Câmara de Nova Iorque aprovou um pacote de medidas que obriga a que as baterias de trotinetes e bicicletas elétricas tenham um certificado de segurança que cumpra as diretrizes do Underwriters Laboratories (UL), uma organização independente de ciência de segurança.

A medida aplica-se a dispositivos de mobilidade elétricos, como bicicletas e trotinetes, que estejam disponíveis para venda, aluguer ou leasing.

A lei terá de ser assinada pelo presidente da Câmara de Nova Iorque, Eric Adams.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável
Estes painéis solares de cor terracota são discretos e quase desaparecem no telhado
Primavera sem andorinhas? Número destas aves está em declínio