Sustentabilidade

NASA e Boeing planeiam avião super sustentável com asas em flecha

Nova tecnologia poderá permitir aos aviões de corredor único reduzir 30% de combustível e emissões
Texto

O avião do futuro terá de ser mais eficiente, consumir menos combustível e ser mais sustentável. A NASA quer ter uma palavra a dizer nesse futuro e encomendou testes de uma nova supertecnologia à Boeing. Objetivo: viagens e aviões mais sustentáveis em 2030.

Durante os próximos sete anos, e ao abrigo de um novo programa norte-americano que permite mais parcerias com empresas privadas e acesso a melhores financiamentos, a NASA irá investir 425 milhões de dólares (cerca de 396 milhões de euros) de um total de 725 milhões de dólares (676 milhões de euros) distribuído entre vários parceiros para desenvolver a nova tecnologia.

Boeing - Away
A Boeing deverá produzir um avião para testar a tecnologia (foto/arte: Boeing/DR)

"Desde o início que a NASA está empenhada na aviação. Sempre sonhamos ir mais longe, mais rápido e mais alto. E com isto queremos também ser mais sustentáveis e mais confiáveis. Está no nosso ADN” – começa por referir Bill Nelson, administrador da NASA, na apresentação da nova parceria

Os aviões de corredor único estão em maioria nas frotas aéreas mundiais e por isso mesmo são responsáveis por quase metade das emissões da aviação mundial. Partindo desta premissa a NASA desenvolveu uma tecnologia para aplicar nesse tipo de aeronaves, com asas colocadas em forma de seta ou numa configuração tipo flecha por cima do corredor central único.

NASA - Away
Bill Nelson, Administrador NASA com um modelo 3D à escala (foto: Joel Kowsky/NASA)

O conceito “Transonic Truss-Braced Wing”, que a NASA estuda à vários anos, envolve assim a construção de um avião com asas extralongas, finas e estabilizadas por ligações diagonais o que lhes permite ter (em teoria) um menor arrasto aerodinâmico. Acredita a NASA que desta forma as aeronaves poderão ser mais eficientes em termos de consumo de combustível (comparando às atuais).

NASA - Away
A NASA tem testado a tecnologia em túnel de vento (foto: Dominic Hart/NASA)

Para demonstrar que a teoria tem aplicação prática e ajudar os Estados Unidos a caminhar rumo às emissões zero em carbono na aviação civil até 2050 surge assim este projeto conjunto com a Boeing que irá resultar num avião de demonstração da tecnologia de voo mais sustentável.

As tuas viagens serão bem diferentes se a tecnologia for bem sucedida.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável
Estes painéis solares de cor terracota são discretos e quase desaparecem no telhado
Primavera sem andorinhas? Número destas aves está em declínio