Atualidade

Lula da Silva candidata Amazónia para sede da conferência climática COP30

Ação está integrada na política de combate à desflorestação encetada pelo novo presidente brasileiro, Lula da Silva
Texto
Floresta da Amazónia (Foto: Eraldo Peres/ AP)
Floresta da Amazónia (Foto: Eraldo Peres/ AP)

O Brasil apresentou a candidatura oficial para a receber a COP30 – conferência internacional do clima da Organização das Nações Unidas (ONU) – que se realizará em 2025. Belém, capital do estado do Pará, um dos vários cobertos pela floresta da Amazónia, é a cidade eleita para receber o evento.

A informação foi avançada pelo atual presidente do Brasil, Lula da Silva, através de um vídeo na rede social Twitter, onde revela estar feliz pelo facto de o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, ter formalizado a candidatura do estado amazónico.

Lula da Silva - AWAY
Lula da Silva (Foto: André Borges/ Lusa)

É de recordar que durante a COP27, realizada em novembro do ano passado no Egito, Lula da Silva, na altura presente enquanto presidente eleito, prometeu apresentar a candidatura à futura conferência da ONU.

Lula da Silva comprometeu-se em combater a desflorestação na Amazónia, que durante a presidência de Jair Bolsonaro atingiu o seu pico em 15 anos.

Recentemente, o presidente do Brasil nomeou Marina Silva para ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, cargo que exerceu nos anos 2000 sob o governo de Lula, altura em que se registou uma queda significativa na desflorestação da Amazónia.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo