Atualidade

Espanha despejou 2200 m3/s de água da chuva para a Barragem do Alqueva

Barragem do Alqueva, maior lago artificial da Europa, atingiu a cota de 145,72, sendo que a máxima é de 152
Texto
Barragem do Alqueva (Foto: Ken Welsh/UCG Universal Images Group via Getty Images)
Barragem do Alqueva (Foto: Ken Welsh/UCG Universal Images Group via Getty Images)

As chuvas também abalaram Espanha nos últimos dias e fizeram com que a quantidade de água vinda do país vizinho para a Albufeira do Alqueva tenha aumentado. Às 18h20 de 13 de dezembro, terça-feira, estavam a passar mais de 2200 metros cúbicos (m3) de água por segundo vindos do outro lado da fronteira.

Os dados foram recolhidos pelo sistema de monitorização espanhol da bacia do rio da Confederação Hidrográfica do Guadiana e foram citados pela Lusa.

Barragem do Alqueva - AWAY
Chuva fez subir nível de água no Alqueva (Foto: Paulo Valdivieso/Flickr)

Contactada pela agência noticiosa, a Empresas de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) salientou que a água vinda de Espanha estava a aumentar, referindo que isso devia-se à abertura de duas ou três pequenas barragens, mas “sobretudo devido às escorrências provocadas pelas chuvas para a bacia do rio Guadiana”.

A mesma fonte referiu que o Alqueva recebeu 175 milhões de metros cúbicos de água com as últimas chuvas, estando ontem à cota de 145,72, sendo que a máxima da barragem é de 152, com capacidade para 4150 milhões de metros cúbicos de água.

O Alqueva é o maior lago artificial da Europa, com uma área de 250 quilómetros quadrados e cerca de 1160 quilómetros de margem.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo