Atualidade

Chicco e ERP Portugal incentivam à reciclagem de equipamentos com prémios

Iniciativa decorre até 28 de setembro e abrange todas as lojas da marca de puericultura do continente e ilhas
Texto
ERP e Chicco recolhem equipamentos eletrónicos (Foto: G. Bakos/ Unsplash)
ERP e Chicco recolhem equipamentos eletrónicos (Foto: G. Bakos/ Unsplash)

A European Recycling Platform (ERP) Portugal lançou uma iniciativa em conjunto com a Chicco, marca especializada em puericultura, para incentivar a entrega de pequenos equipamentos elétricos e eletrónicos em fim de vida, para que possam ser devidamente encaminhados para reciclagem. Sob o mote “Reciclar não tem História”, o projeto vai decorrer em 29 lojas Chicco durante o mês de setembro.

A iniciativa decorre no âmbito do programa “Parceiro Sustentável” da ERP Portugal e conta com o apoio da Associação Bandeira Azul da Europa. O seu objetivo é desafiar os consumidores a entregar pequenos equipamentos elétricos e eletrónicos avariados ou que já não têm uso, mas também mais de mil creches e jardins de infância que integram o programa Eco-Escolas.

Os consumidores que pretendam contribuir de forma ativa para o encaminhamento correto deste tipo de resíduos e, assim, evitar a possível contaminação do ecossistema, podem dirigir-se a qualquer loja Chicco em Portugal continental e ilhas e entregar os seus equipamentos até 28 de setembro. Por cada equipamento entregue receberão um vale de 10% de desconto em brinquedos Chicco, o qual poderá ser descontado até 31 de outubro.

Para a creche ou jardim de infância que até 31 de dezembro recolher a maior quantidade de pequenos equipamentos elétricos e eletrónicos em fim de vida, está reservado um prémio de mil euros em produtos Chicco, valor ao qual acresce um euro por cada vale de desconto rebatido pelos consumidores.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro