Atualidade

Saúde da população de Hong Kong em risco com níveis sérios de poluição no ar

Território de Hong Kong está debaixo de uma intensa camada de poluição com partículas nocivas no ar
Texto
Poluição em Hong Kong (Foto: Vincent Yu/AP)
Poluição em Hong Kong (Foto: Vincent Yu/AP)

O nível de alerta de poluição atmosférica em Hong Kong atingiu esta segunda-feira, 12 de setembro, o estado “sério”, o mais elevado da escala local e com um alto risco para a saúde humana.

De acordo com o noticiado pelas autoridades em 7 das 18 estações de medição de poluição em Hong Kong foi atingido o nível “sério” e nas restantes 11 estações o risco registado atingiu o nível  “muito elevado”, o que leva as entidades responsáveis a lançarem vários alertas.

O Departamento de Proteção Ambiental de Hong Kong deixa o alerta de que estas condições são consideradas persistentes e deverão afetar o território durante os próximos dias.

Poluição em Hong Kong em março de 2022 (Foto: Kin Cheung/AP)

Os dias no território oriental têm sido bastante quentes e secos, com ventos muito ligeiros o que, de acordo com informações partilhadas pelo South China Morning Post, tem estado a favorecer a concentração de poluição.

As autoridades locais estão ainda preocupadas com a concentração de ozono e partículas finas em toda a região do delta do Rio Pearl.

Os mais idosos e crianças, bem como os habitantes com problemas cardio-respiratórios estão a ser particularmente aconselhados a manterem-se recatados em zonas de interior.

(Fotos: Associated Press)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023