Atualidade

Mais de 80% dos portugueses admitem ter comportamentos de risco ao volante

Estudo desenvolvido pela Liberty revela falta de prudência na condução, e seguradora aproveita para partilhar algumas dicas
Texto

Apenas 16% dos condutores portugueses admitem não ter tido qualquer comportamento de risco ao volante. Os restantes 84% reconhecem que algumas das suas atitudes podem ter posto a sua segurança em causa. As conclusões são do relatório Consumer Spotlight sobre Segurança Automóvel, desenvolvido pela Liberty Mutual, à qual pertence a Liberty Seguros.

O estudo levado a cabo durante os meses de maio e junho deste ano indica que mais de 20% dos condutores portugueses afirmam já ter comido, bebido ou fumado enquanto conduziam, todos eles considerados fatores de risco para o exercício da condução.

Outro dado do mesmo relatório a salientar é a percentagem de condutores nacionais que não verificam as condições do automóvel antes de uma viagem longa – são 10%. Perante esta realidade, a Liberty deixa alguns conselhos, especialmente úteis em época de férias.

Evitar elementos de distração durante a condução. Seja mudar a estação de rádio, ajustar a temperatura do ar condicionado ou efetuar uma chamada telefónica, são muitas as ações tomadas pelos condutores que o fazem tirar os olhos da estrada ou as mãos do volante. Aliás, 15% dos inquiridos admite já ter utilizado o telemóvel sem ser em modo mãos livres.

Por isso, o melhor é configurares tudo o que for possível antes do início da viagem, para assim manteres um olhar atento sobre tudo o que se passa à tua volta. E claro, nunca, em situação alguma, pegues no telefone para fazer ou receber uma chamada.

Comer e beber enquanto se conduz também é desaconselhado pela desconcentração que provoca. Mas pior do que estes, é o ato de fumar. Desde o momento de procurar o cigarro, passando pelo movimento de o acender e ainda a possibilidade de cair e provocar uma queimadura, que se poderia traduzir num ato irrefletido de condução, os riscos são muitos.

Descansar antes de fazer uma viagem é mais uma sugestão deixada pela Liberty. Poucas horas de sono, stress ou cansaço aumentam o risco de adormecer ao volante e consequentemente de ter um acidente grave. Faz também paragens regulares e evita fazer viagens durante a madrugada.

Quanto ao automóvel, é importante assegurares-te de que está em boas condições e devidamente apto a fazer uma viagem. Verifica o estado e pressão dos pneus e certifica-te de que componentes como a direção, travões e iluminação estão a funcionar corretamente. O mesmo se aplica aos elementos de segurança passiva, como os cintos de segurança e os airbags.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares PSP. Todas as localizações para o mês de outubro
Preço dos combustíveis vai subir para a próxima semana. A nossa previsão aqui
Eletricidade e gás ficam mais caros dia 1 de outubro