Atualidade

Greve afeta circulação de comboios de norte a sul

Trabalhadores da Infraestruturas de Portugal estão em greve reivindicando mais direitos
Intercidades
Intercidades

Segundo dia de greve dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP), e, uma vez mais, estão a ocorrer fortes constrangimentos na circulação de comboios em todo o país. De acordo com a CP – Comboios de Portugal entre as 00h00 e as 8h00 horas de hoje foram suprimidos 140 das 254 ligações programadas.

A greve dos trabalhadores da IP levou à supressão de 903 das 1274 ligações programadas para ontem, terça-feira, dia 13 de julho. A CP já tinha informado que previa “fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços” durante os dois dias da greve. Aviso idêntico tinha igualmente sido feito pela Fertagus.

A greve abrange cerca de 300 trabalhadores do Comando e Controlo Ferroviário da IP, que regulam a pontualidade e a segurança de 100% das circulações ferroviárias.

À Lusa, um responsável do sindicato APROFER adiantou que na base da greve está a reivindicação de um sistema de formação profissional próprio para os centros de comando operacionais, de um sistema de avaliação e desempenho específico para estas funções e de uma atualização nas remunerações.

Continuar a ler
Home
Preço dos combustíveis para a próxima semana com nova descida
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas