Atualidade

Exportação de componentes automóveis made in Portugal sobe 14,5%

Dados da AFIA relativos a fevereiro confirmam aumento pelo décimo mês consecutivo
Texto
Camiões no Porto de Leixões (foto: Paulo Duarte/ AP)
Camiões no Porto de Leixões (foto: Paulo Duarte/ AP)

Continuam a subir as exportações de componentes automóveis fabricados em Portugal. No passado mês de fevereiro registou-se um incremento de 14,5% face ao mesmo mês de 2022, no valor total de 954 milhões de euros.

Os dados recolhidos pela AFIA - Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel apontam para uma subida no volume de exportações pelo décimo mês consecutivo, depois de em janeiro deste ano se ter verificado um aumento de 16,6% face ao período homólogo.

No que diz respeito ao acumulado até fevereiro, as exportações de componentes automóveis atingiram os 1946 milhões de euros, o que significa um acréscimo de 15,6% face ao período de janeiro a fevereiro de 2022.

Contentores Sines - AWAY
Contentores no Porto de Sines (foto: Armando Franca/ AP)

Mantendo a tendência dos últimos meses, quase três quartos das exportações continuam a destinar-se a apenas cinco países. Em concreto, Espanha, Alemanha, França, Eslováquia e Estados Unidos absorveram 71% dos componentes exportados por Portugal no decorrer deste 2023.

Neste top cinco, todos os países receberam mais componentes face ao mesmo período de 2022, com exceção dos Estados Unidos que, tal como no mês anterior, volta a registar uma queda, agora de 12,6% relativo ao período homólogo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Comboios que levitam na linha? Empresa italiana está a testar tecnologia
Radares da PSP. É aqui que vão estar na semana de 24 a 30 de junho
Visita à fábrica da Nissan: sustentabilidade em destaque na produção do Qashqai