Atualidade

Portugal vai produzir baterias de empresa chinesa para veículos elétricos

Memorando de entendimento entre a CALB e a AICEP prevê a criação de uma unidade de produção no nosso país
Texto
Novo Smart #1, fotografado em Portugal, recebe baterias CALB (foto: divulgação)
Novo Smart #1, fotografado em Portugal, recebe baterias CALB (foto: divulgação)

Portugal vai juntar-se ao grupo de países fabricantes de baterias para automóveis elétricos. Num comunicado envido à bolsa de valores de Hong Kong, a empresa China Aviation Lithium Battery Technology (CALB) anunciou ter estabelecido um acordo para criar uma unidade de produção no nosso país.

O comunicado da CALB, de que a agência Lusa faz eco, refere a assinatura de um memorando de entendimento com uma subsidiária da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

O documento prevê a aquisição de “direitos de superfície, com o objetivo de montar uma fábrica de ponta mundial, altamente inteligente, informatizada e automatizada, com zero emissões de carbono”, informou a CALB.

Baterias CALB - AWAY
CALB está listada na bolsa de Hong-Kong desde 6 de outubro de 2022 (foto: captura @calb)

Integrada numa estratégia mais ampla da empresa chinesa, que prevê a criação de bases industriais na Europa, a fábrica a instalar em Portugal está dependente da assinatura de um acordo legalmente vinculativo. Assim, “a cooperação contemplada no memorando de entendimento pode ou não avançar”.

A CALB dedica-se à produção de baterias para automóveis ligeiros e veículos comerciais, assim como sistemas de armazenamento de energia e baterias para veículos especiais. Entre os automóveis elétricos que contam com baterias deste fabricante encontra-se o novo Smart #1.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Tecnologia Nissan e-Power nos novos Qashqai e X-Trail
Vê onde vão estar os radares da PSP em dezembro
Portugal poderá vir a ter produção de hidrogénio verde em Gondomar