Atualidade

Estudo: cidades mais verdes e menos compactas têm taxa de mortalidade mais baixa

Estudo analisou cidades europeias e concluiu que quanto maior a densidade populacional, mais elevada a taxa de mortalidade
Texto
Barcelona (Foto: L. Armstrong/Unsplash)
Barcelona (Foto: L. Armstrong/Unsplash)

As cidades compactas com elevada densidade populacional têm taxas de mortalidade mais elevadas, concluiu um estudo do Instituto de Saúde Global de Barcelona (ISGLobal), publicado este mês no The Lancet Planteray Health, que analisou 919 exemplos europeus.

A tipologia apresenta ainda menos espaços verdes, pior qualidade do ar e maior efeito de ilha de calor urbano, embora menos emissões de gases com efeito de estufa ‘per capita’.

A pesquisa identificou quatro configurações urbanas básicas no continente europeu, que classificou como cidades compactas de alta densidade, cidades abertas de baixa altura e média densidade, cidades abertas de baixa altura e baixa densidade e cidades verdes de baixa densidade.

Os resultados mostram que as cidades mais verdes e com menor densidade populacional apresentam taxas de mortalidade mais baixas, níveis de poluição mais baixos e um menor efeito de ilha de calor urbano, mas uma maior pegada de carbono ‘per capita’.

Em contraste, as cidades compactas de alta densidade apresentam taxas de mortalidade mais elevadas, menos espaços verdes, pior qualidade do ar e um maior efeito de ilha de calor urbano, mas menores emissões de gases de efeito de estufa (CO2) ‘per capita’.

As cidades compactas são tipologia urbana com maior número de habitantes na Europa, com mais de 68 milhões de pessoas, sendo que os exemplos desta categoria mencionados no estudo são Barcelona, Milão, Paris e Basileia.

As cidades de baixa e média densidade têm superfícies pequenas e densidades populacionais médias, sendo apontados como exemplos desta tipologia Bruxelas, Dublin e Leipzig, segundo o estudo do ISGlobal, apoiado pela fundação La Caixa.

Pisa, Oviedo ou Toulouse estão entre as cidades abertas de baixa densidade estudadas.

O estudo analisou 919 cidades europeias incluídas na base de dados Urban Audit 2028 e a área de cada cidade foi dividida em cinco anéis concêntricos para uma análise detalhada de cada uma das variáveis.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar de 15 a 21 de julho
Cidades mais verdes e menos compactas têm taxa de mortalidade mais baixa
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa