Orca a viver em aquário há mais de 50 anos vai ser libertada

Pedidos para libertação de Lolita arrastavam-se há vários anos. História com final feliz tem lugar em Miami
Texto

Chama-se Lolita, vive há mais de 50 anos em cativeiro e vai ser finalmente devolvida ao seu habitat natural. Falamos de uma orca que habita num aquário na Flórida, Estados Unidos, e que deixou os espetáculos de exibição há cerca de um ano.

O processo já se arrastava há vários anos, mas parece ter agora chegado a bom porto, em especial para a associação sem fins lucrativos Friends of Lolita, que tem vindo a lutar insistentemente pela libertação do mamífero com 2268 kg de peso também conhecido como Toki.

orca lolita - away
Orca Lolita em Miami por ocasião do 40º aniversário  (foto: Jeff Greenberg/Universal IG/Getty)

O Miami Seaquarium, onde vive Lolita há mais de meio século, disse ter chegado a um "acordo vinculativo" com a dita associação para devolver a orca ao habitat natural, neste caso na região noroeste do Oceano Pacífico, no prazo de dois anos, embora isso ainda dependa de aprovação federal.

Lolita tem hoje 57 anos e foi capturada em 1970 numa enseada ao largo de Seattle. Durante muitos anos foi uma das principais atrações do Seaquarium, o qual foi deixando progressivamente de fazer espetáculos com orcas a partir de 2016. Lolita “retirou-se” definitivamente em março de 2022, quando o aquário mudou de proprietários.

orca lolita - away
Chaz Bono, filha de Sonny e Cher a alimentar a orca Lolita em Miami, 1973 (foto: Hulton Archive/Avalon/Getty Images)

Um dos responsáveis da empresa atual proprietária do aquário, a Dolphin Company, afirmou que encontrar um futuro melhor para Lolita foi uma das razões que a motivou a adquirir o complexo.

Defensores dos direitos dos animais lutaram durante anos, sem sucesso, para obter a liberdade de Lolita, depois de em 2015 a National Oceanic and Atmospheric Administration, instituição do governo dos Estados Unidos, ter colocado as orcas na lista de espécies ameaçadas de extinção.

libertação de Lolita - AWAY
Protestos pela libertação de Lolita em 2015 (foto: Wilfredo Lee/ AP)

O acordo agora obtido com a Friends of Lolita é, portanto, um final feliz para uma história que já se prolongava há demasiado tempo. O futuro dirá como o animal se irá adaptar ao Oceano Pacífico.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante
Projeto português cria vidro que produz eletricidade a partir da luz solar