Sustentabilidade

Copenhaga tem bancos a 1 metro do chão para alertar para a subida de águas

Campanha da TV2 Denmark pretender despertar consciências para a crise climática
Texto
Copenhaga alerta para a subida de águas
Copenhaga alerta para a subida de águas

A capital da Dinamarca, Copenhaga, recebeu recentemente vários bancos à beira de água com uma elevação fora do normal, mais concretamente elevados a um metro do solo. E não há qualquer erro de projeto nesta ação, há, sim, uma ideia genial de consciencialização ambiental.

O projeto faz parte da campanha “Our Earth Our Responsability” (“A nossa Terra – a nossa responsabilidade”) do canal TV2 Denmark e pretende dar uma imagem do que representa o risco de subida de águas dos oceanos até 2100.

A TV2 Denmark criou a campanha tendo como referência o mais recente relatório das Nações Unidas, referente às Alterações Climáticas, que aponta uma estimativa de subida do nível das águas do mar em um metro até 2100, se a problemática do aquecimento global continuar.

Os bancos que normalmente servem para desfrutar do solo à beira mar foram elevados em um metro e espalhados em 10 locais da cidade, em zonas turísticas e de grande acesso. Neles consta uma placa em cobre onde se pode ler: “Inundações farão parte da nossa realidade diária a não ser que se tomem ações sobre o clima” e a mensagem das Nações Unidas.

De acordo com Jacob Weinreich, diretor de marketing do canal TV2, em declarações à AWAY, “os bancos de Copenhaga são ícones da cidade [desde 1888] e estes inusitados bancos elevados estão já a fazer capas de jornais em todo o lado”.

Esta campanha é ainda suportada pela presença de empresários, atores, políticos, ativistas e o arquiteto Bjarje Ingels (BIG), entre muitos outros.

Esta é uma forma da estação TV2 demonstrar o seu compromisso e responsabilidade ambiental transmitindo assim informação de forma que todas as pessoas entendam.

(Fotos: TV2 Denmark)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Cortiça portuguesa no interior dos elétricos Mobilize
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa
Maior central híbrida solar e hidroelétrica de África está a nascer no Gana