Atualidade

Novas regras para materiais que entram em contacto com água potável

Regras aprovadas pela Comissão Europeia entram em vigor em 2026
Texto
Água da torneira (foto: A. Siimon/ Unsplash)
Água da torneira (foto: A. Siimon/ Unsplash)

A Comissão Europeia aprovou as regras mínimas para materiais e produtos que entrem em contacto com água potável para impedir o “crescimento microbiano” e reduzir o “risco de lixiviação” de substâncias nocivas.

Em comunicado, o executivo de Ursula von der Leyen anunciou a adoção destas regras básicas para todo e qualquer material que entre em contacto com água potável, aplicáveis a partir de 31 de dezembro de 2026 a “materiais e produtos utilizados em novas instalações ou na reparação e renovação de instalações mais antigas”.

O objetivo: evitar o “crescimento microbiano” e limitar o “risco de lixiviação de substâncias nocivas para a água potável”.

Estão incluídos materiais e produtos utilizados para a recolha, tratamento e distribuição de água, ou, em contexto de reparação, tubagens de água, abastecimento, válvulas bombas, contadores de águas, acessórios e torneiras.

Com estas regras a Comissão Europeia quer que nos 27 haja atenção ao tipo de materiais utilizados para transportar água potável e por onde passa, para evitar a contaminação da água que eventualmente vai ser consumida pelos cidadãos.

Até hoje “havia pouca harmonização na UE e os produtores eram forçados a solicitar autorizações diferentes em cada Estado-membro”, mas esse trabalho vai ser simplificado com estas regras, argumenta a Comissão.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Dicas para enfrentar o frio sem gastar muito dinheiro
Um dos relógios mais sustentáveis é feito com materiais reciclados
E se pudesses comer a colher? Esta é em bolacha impressa em 3D