Sustentabilidade

Estás preparado para comer alimentos cultivados debaixo do mar?

Chama-se Nemo’s Garden e está a testar a possibilidade de se fazer plantações debaixo do mar
Texto
Projeto de cultivo debaixo do mar Nemo's Garden (foto: Nemo's Garden)
Projeto de cultivo debaixo do mar Nemo's Garden (foto: Nemo's Garden)

E se fosse possível criar uma plantação agrícola debaixo da água do mar? Foi a partir desta pergunta que nasceu em 2012 o Nemo’s Garden, um projeto que está a analisar a possibilidade de se cultivar alimentos em quintas subaquáticas.

É na costa italiana, próximo de Noli, que por entre o azul do mar se podem encontrar as biosferas do Nemo’s Garden. Da superfície, quase passam despercebidas. Mas basta mergulhar para vislumbrar as estruturas fixas ao chão que protegem variadas plantações e que ajudam a estudar a viabilidade de se praticar agricultura subaquática.

Nemo's Garden - AWAY
Cúpulas do Nemo’s Garden (foto: Nemo’s Garden)

Por trás do projeto (e da ideia) está Sergio Gamberini, fundador da empresa de equipamento de mergulho Ocean Reef Group. Foi ele que decidiu levar as cúpulas de acrílico para debaixo de água, montar o sistema que de simples pouco tem e fazer crescer manjericão, a primeira erva que nasceu do projeto.

São seis estruturas no total, submersas a entre 4,6 e 11 metros da superfície da água. Cada uma está cheia com 2 mil litros de ar e tem todo um sistema hidropónico que garante que as plantas têm condições para crescer utilizando apenas água e fertilizante.

O sistema é alimentado por um gerador a energia eólica e por painéis solares instalados na superfície.

Do lado de fora das cúpulas fica uma estrutura central batizada de Árvore da Vida esconde os cabos que conectam com as biosferas e permite monitorizar a área e controlar os níveis de luz.

Agora a questão é: que alimentos e plantas já nasceram nesta quinta subaquática? Até agora tem havido muitas tentativas e uns quantos erros. Já se plantou manjericão e tantas outras ervas aromáticas, assim como morangos, cogumelos, tomates e até algumas flores.

Por enquanto, ainda não é viável escalar o projeto para produzir alimentos em grandes quantidades. Mas passo a passo, vai sendo desenvolvido e quem sabe, um dia, cultivar debaixo do mar será tão comum como fazê-lo em terra.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Férias à vista: estas praias portuguesas têm as águas mais limpas do país
Legumes e frutas a estragar? Vê como prolongar a sua vida e evitar que acabem no lixo
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável